Cinco ações para crescer na carreira

Um dos maiores erros que as pessoas cometem em suas carreiras é ignorar seu desenvolvimento profissional. Elas frequentemente se tornam complacentes e se esquecem de melhorar e se desenvolver continuamente.

progress2Erin Urban

O maior erro que as pessoas cometem, que mata seus sonhos de sucesso profissional, é não estar crescendo. A armadilha mais perigosa em que a maioria das pessoas é sugada é a complacência profissional. Se você não melhorar e se desenvolver continuamente, não poderá esperar uma mudança positiva. Infelizmente, muitos profissionais esperam que o crescimento na carreira seja prescrito, como analgésicos para dor de cabeça. Mas o único remédio para sua dor de cabeça na carreira é investir em seu próprio plano de melhoria contínua.

Muitas vezes, as pessoas trabalham duro para conseguir o emprego ou a promoção que realmente querem. Depois de atingir seus objetivos, se esquecem de investir continuamente em si mesmos. O tempo passa e eles se perguntam o porquê de não estar vendo os resultados que querem. Elas começam a procurar outro emprego e o ciclo vicioso continua.

Encontrar outro emprego não é necessariamente uma coisa ruim. O problema é que, não importa que trabalho você tenha, você não terá sucesso se não investir em seu crescimento pessoal. Você nunca progredirá e não verá resultados reais. É como treinar uma maratona apenas para parar de treinar depois da primeira competição – mas esperando os mesmos resultados após a próxima competição. Não é possível.

O crescimento nem sempre vem da experiência

Algumas pessoas pensam que o crescimento pessoal vem com maturidade. A sabedoria não é automática e não é garantida, com a idade. É garantido que ficaremos mais velhos, mas isso não tem nada a ver com o fato de ficarmos mais sábios. Ficar mais sábio exige esforço. Isso não acontece apenas através da experiência. A sabedoria vem através da experiência avaliada, o que requer uma mentalidade de crescimento.

Se você nunca cresce, nunca muda. E se você nunca muda, você não pode esperar nada diferente da vida e você não pode progredir. Como o famoso guru de liderança John C. Maxwell disse uma vez: quando você quer algo que nunca teve, deve fazer algo que nunca fez para obtê-lo (1). A definição de insanidade é fazer a mesma coisa repetidas vezes, esperando resultados diferentes.

Todos nós já estivemos lá. Eu era muito complacente no início de minha carreira profissional quando jovem, o que levou a um tremendo atraso no meu sucesso a longo prazo. Eu não tinha ideia de que precisava investir em meu próprio crescimento pessoal. Eu apenas presumi que, se precisasse desenvolver uma habilidade, minha organização me treinaria. Eu estava procurando por alguém para ditar meu cronograma de desenvolvimento pessoal.

Nosso sistema educacional treina a aprender apenas sobre as informações que são fornecidas. Algumas pessoas de sorte acordam mais tarde na vida para perceber – como eu fiz – que não se conseguirá muito se não investir no crescimento pessoal.

Por que não buscamos crescimento pessoal?

Parece lógico que todos gostariam de buscar crescimento pessoal, se é a única garantia de sucesso. Infelizmente, descobri que a grande maioria da população não investe regularmente em crescimento pessoal e profissional. Claro, as pessoas ocasionalmente fazem uma aula ou obtêm uma certificação, mas poucos profissionais realmente tornam o crescimento um hábito. Conheça abaixo quatro razões.

– Ignorância gera mais ignorância – não felicidade – Muitas pessoas não estão conscientes da correlação entre o crescimento pessoal contínuo e o sucesso. A maioria entende a importância da educação formal e que investir em certificações pode ajudá-los a obter certos empregos. Alguns até estão cientes das vantagens do treinamento de habilidades leves, como comunicação e construção de relacionamentos. Mas poucos entendem o poder da melhoria contínua pessoal.

– Falta de autoconsciência – Para ter uma mentalidade de crescimento, deve-se ser autoconsciente e é por isso que deve haver mais habilidades leves e autoconsciência ensinadas nos níveis mais baixos de educação. A falta de habilidades sutis pode ter consequências difíceis em sua carreira. Se a grande maioria das pessoas tivesse acesso a informações sobre desenvolvimento pessoal contínuo, o mundo seria um lugar diferente. Os jovens não são ensinados a serem autoconscientes e nem sempre entendem a diferença entre autocrítica e reflexão saudável. Infelizmente, algumas pessoas nunca se tornam autoconscientes.

– Falta de autoconfiança e autoestima – Uma das principais razões pelas quais as pessoas não seguem uma mentalidade de crescimento é a autossabotagem. Somos o nosso pior inimigo. Depois que se perceber que existem opções de crescimento pessoal, pode-se afastá-la porque não acha que é digno ou capaz. Pode-se pensar que o sucesso na carreira só vem para outras pessoas, enquanto se está destinado a ser sempre mediano. Você não é suficientemente bom, inteligente o suficiente ou do tipo certo para seguir em frente. Você se autossabota e nem tenta adotar hábitos melhores porque está convencido de que não pode ter sucesso.

– Medo – O medo já matou mais sonhos do que qualquer outra coisa no mundo. Temos medo de fracassar, medo de que não importemos, medo de mudar, medo de parecer estúpido e ser diferente. Temos medo de resistir ao status quo e temos medo de ter medo. O medo irá parar a mudança e esfriar o fogo da inspiração em um instante.

Eu realizei muito mais quando parei de me importar com o que outras pessoas pensavam. Eu consegui anos-luz à frente quando me dei permissão para falhar em nome do crescimento. Como um perfeccionista em recuperação, eu tive que lutar contra questões de autoestima e medo de não conseguir chegar onde estou hoje. Depois de perceber a potência do crescimento pessoal, nunca olhei para trás.

Eu honestamente posso dizer que sou viciada em crescimento (provavelmente, é por isso que eu amo melhoria contínua). Não há nada melhor do que sempre olhar para frente. Quando você adota uma mentalidade de crescimento pessoal, está sempre ansiosa para aprender mais, aplicar mais, fazer mais e ver mudanças mais positivas.

O que você pode fazer hoje

O que você faz hoje define seu futuro. Não hesite em dar o próximo passo em frente para ver o sucesso. A boa notícia é que se desenvolver não é difícil, mas requer uma mudança de perspectiva. Depois que você percebe que tem o poder de mudar sua vida, basta algumas ações para começar no caminho certo.

Ação 1 – Estabelecer a autoconsciência

De qualquer modo, quem é você? Você conhece seus pontos fortes e oportunidades ou dons naturais? Todo mundo tem um presente. Pode não ser extremamente único – ou pode ser – mas você tem dons e pontos fortes valiosos. O primeiro passo é descobrir o que são. Essa é a chave para se tornar autoconsciente. Afinal, você não pode melhorar o desconhecido.

Entenda o escopo de seu próprio projeto e faça um teste de personalidade ou pontos fortes. Existem alguns testes gratuitos disponíveis online, mas recomendo investir em uma avaliação abrangente. Como coach de crescimento de carreira, posso dizer que uma avaliação completa é a melhor ferramenta para identificar claramente seus pontos fortes, estilo de comunicação, tendências naturais, drenadores de energia e motivações.

Lembre-se: as avaliações de pontos fortes não são um indicador de sua capacidade ou desempenho. Qualquer um é capaz de praticamente qualquer coisa. Esses testes oferecem uma perspectiva valiosa de suas inclinações naturais, mas não ditam sua capacidade nem o quanto você pode conseguir.

Ação 2 – Determine quais são os seus bloqueios

Em vez de pensar em grande figura e começar com o que você quer alcançar, concentre-se no que está atrapalhando e remova os gargalos em seu próprio processo. Por exemplo, eu não poderia me tornar um coach de carreira eficaz antes de me tornar um melhor construtor de relacionamentos. Não só eu precisava me conhecer, mas também precisava entender mais sobre os outros.

É difícil chegar onde você quer ir se não tiver removido seus obstáculos ao crescimento. Você não pode esperar obter mais capacidade se estiver sufocando sua taxa de transferência com gargalos. Enfrente o que está mentalmente atrapalhando em primeiro lugar. Então, sem desculpas – mergulhe, expulse seu crítico interior e jogue fora os rótulos falsos que você deu a si mesmo.

Use o método lean para impulsionar seu próprio plano de melhoria contínua. Comece perguntando a si mesmo os cinco porquês para chegar à causa raiz de seus obstáculos. Identifique o obstáculo, depois pergunte e responda por que pelo menos cinco vezes até que você tenha ido tão longe quanto possível para dissecar a causa real do problema.

Depois de identificar as causas-raiz, pilote suas possíveis soluções para superá-las. Livros, webinars, aulas, grupos – há muito disponível para ajudá-lo a superar e alcançar. Se você ficar preso ou simplesmente não conseguir se envolver com o que está acontecendo, peça a ajuda de um profissional certificado.

Ação 3 – Decida o que você quer

Depois de identificar seus obstáculos para o sucesso, a resolução geralmente é meio completa. Agora é hora de desenvolver seu futuro estado. Comece a trabalhar no que você deseja mudar em sua vida.

Um dos erros que as pessoas cometem nessa fase é tentar desenvolver suas supostas fraquezas. Embora eu concorde que mitigar uma lacuna em potencial seja boa, é uma perda de tempo concentrar sua energia em se forçar em um espaço que não é natural ou autêntico. O que quer que você decida desenvolver em si mesmo, certifique-se de que ele se alinha com o seu núcleo. Sua satisfação profissional e sucesso são encontrados na interseção de seus pontos fortes, interesses e conhecimentos.

Se tudo o que você quer é mais dinheiro, você está perdendo o ponto. Melhores oportunidades e satisfação vêm depois que você investe em seu crescimento pessoal. Claro, você pode ganhar mais dinheiro e ser um indivíduo completamente desinteressado, socialmente desafiado e comportamentalmente atrofiado. Mas essas pessoas muitas vezes são infelizes em suas vidas pessoais e não sustentam seus ganhos.

Ação 4 – Desenvolver hábitos de crescimento

Somos ótimos em desenvolver maus hábitos, mas não tão bons em desenvolver bons. Na verdade, desenvolver um hábito de crescimento pessoal não é difícil – tudo que requer é um pouco de foco. Por exemplo, o registro no diário antes de dormir é popular e altamente recomendado no crescimento do desenvolvimento para avaliar suas experiências.

Também é útil fazer pelo menos três intervalos de 10 a 15 minutos durante o dia para reflexão e reavaliação. Isso não só é tremendamente saudável para o cérebro maximizar a produtividade, mas também permite que você tenha tempo para mudar sua perspectiva para uma mais positiva, interromper qualquer ciclo de pensamento negativo e priorizar seu dia.

Outro hábito útil é a melhoria contínua através de materiais como livros e podcasts. Muitas pessoas experimentam um crescimento transformacional gastando apenas 30 a 40 minutos por dia em aprendizado desenvolvimental. Eu desenvolvi um hábito de crescimento pessoal de leitura como parte da minha rotina diária antes de dormir. Não é preciso muito esforço para ser tremendamente poderoso em sua jornada de crescimento.

Ação 5 – Identifique seu apoio

Viagens de crescimento são mais bem compartilhadas com os outros. Algumas pessoas acreditam que você se torna a média das cinco pessoas mais próximas. Como coach, acho que isso não está longe da verdade. Identifique indivíduos que pensam da mesma maneira e construa relacionamentos com eles. Conecte-se com um mentor para o seu crescimento pessoal. Às vezes, é importante ter um amigo de responsabilidade ou uma perspectiva externa.

Mais importante ainda, você precisa de alguém para lembrá-lo de que você vale a pena e merece o melhor. É bom ter apoio ao tentar coisas novas ou tropeçar no caminho para o sucesso. A mudança não é tão assustadora quando você tem um grupo para compartilhar. É mais provável que você permaneça no caminho certo e encontre motivação nas realizações de outras pessoas – sabendo que será você em breve.

Consistência alimenta crescimento bem sucedido

A vida é cheia de compensações. Se você quiser ver um crescimento real, haverá uma troca. Se você não investir em crescimento pessoal, essa troca provavelmente será a sua felicidade, saúde mental, saúde física e realização de carreira a longo prazo. Se essa não é uma razão convincente para criar uma mentalidade de crescimento, não sei o que é.

A consistência é fundamental em seu plano pessoal de melhoria contínua – é por isso que é chamado de contínuo. Você não pode esperar obter resultados a longo prazo, investindo em mudanças temporárias. O crescimento pessoal não funciona dessa maneira. É preciso energia para seguir em frente e você pode dar o primeiro passo hoje.

Referência

(1) John C. Maxwell, Maximum Impact Mentoring group phone call.

Erin Urban é uma coach de desenvolvimento de liderança e crescimento de carreira com certificação six sigma black belt e membro do Conselho de Coach da Forbes. Ela é a fundadora da Urban Professional Performance Solutions em Houston. Urban é bacharel em Belas Artes pela Longwood University em Farmville, VA. Ela é um membro da ASQ.

Fonte: Quality Progress/2019 July

Tradução: Hayrton Rodrigues do Prado Filho



Categorias:Opinião, Qualidade

Tags:, , , , ,

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: