Publicado em 24 Sep 2019

Compliance é burocracia?

Redação

O compliance é um dos temas que mais cresceu no mundo corporativo e não pode ser trabalhado como um conjunto de atividades estanques ou próprias de um setor da empresa. Ao contrário, deve estar alinhado aos objetivos estratégicos e integrado aos sistemas de gestão da organização. Atender à legislação vigente, mas não se limitar a isso, é uma necessidade atual de todas as empresas, porém o compliance busca algo ainda mais nobre: a integridade nos negócios, pelas atitudes de seus funcionários e parceiros comerciais, pautados por elevados padrões éticos e morais.

giovanini

Wagner Giovanini

Esse questionamento só é permitido para o leigo, pois, se torna, cada vez mais, inconcebível associar a virtude da busca genuína em se fazer o certo com a nociva ideia de burocracia. Entretanto, cabe-nos considerar alguns fatores, não com o intuito de minimizar esse terrível equívoco, mas avaliar suas causas, esclarecer os interessados e promover uma mudança de percepção ao nosso redor.



Primeiro, cabe destacar a abrangência do assunto. Compliance, no seu sentido mais restrito, significa atender às leis, normas e regulamentos. No entanto, como a nossa própria Lei da Empresa Limpa sugere, o foco deve ser na integridade, ampliando, por consequência, o conceito para fazer o certo, independentemente da lei.

Assim sendo, para os efeitos desse mecanismo serem, de fato, sentidos e benéficos para a sociedade, todos os seus elementos e o sistema como um todo devem ser efetivos, ou seja, na direção oposta de serem...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica