Publicado em 19 Nov 2019

As pastilhas intercambiáveis de metal duro

Redação

A seleção do material e da classe da ferramenta de corte é um fator importante a ser considerado ao planejar uma operação de usinagem bem-sucedida. Um conhecimento básico sobre o material de cada ferramenta de corte e seu desempenho é importante para fazer a seleção correta. As considerações incluem o material da peça a ser usinada, o tipo e formato da peça, as condições de usinagem e o nível da acabamento superficial necessário para cada operação. Conheça as dimensões das pastilhas intercambiáveis de metal duro (carboneto) com arestas alisadoras, sem furo de fixação. Estas pastilhas são destinadas principalmente à montagem em fresas com fixação pelo topo ou cunha.

editorial2Segundo a Sandvik, os materiais da ferramenta de corte têm diferentes combinações de dureza, tenacidade e resistência ao desgaste e estão divididas em várias classes com propriedades específicas. Geralmente, o material de uma ferramenta de corte adequada para sua aplicação deve ser: duro para resistir ao desgaste de flanco e deformação; tenaz para resistir à quebra; não reativo com o material da peça; quimicamente estável para resistir à oxidação e difusão; e resistente a mudanças térmicas repentinas.



Atualmente, o metal duro com cobertura representa de 80% a 90% de todas as pastilhas das ferramentas de corte. Seu bom desempenho como material da ferramenta de corte se deve à sua exclusiva combinação de resistência ao desgaste e tenacidade, além de sua habilidade para conformidade com formatos complexos.

O metal duro combina com cobertura e, juntos, eles formam uma classe personalizada para sua aplicação. As classes de metal duro com cobertura são a prime...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica