Publicado em 21 Jan 2020

A propensão à automação das tarefas ocupacionais no Brasil

Redação

Pode-se debater a automação e a extinção de postos de trabalho no futuro próximo. Utilizando uma metodologia inovadora, a pesquisa ordenou as ocupações do mercado de trabalho brasileiro no que concerne ao potencial de automação, além de quantificar e classificar os empregos formais no Brasil em termos de risco de automação. Igualmente, pode-se reconstruir a evolução histórica da composição do emprego formal entre 2003 e 2017, segundo quartis de potencial de automação da ocupação, vislumbrando identificar o risco geral de automação no mercado de trabalho formal do país.

tarefa2Luis Claudio Kubota e Aguinaldo Nogueira Maciente

As novas tecnologias digitais – como a inteligência artificial, a computação em nuvem e a internet das coisas – têm o potencial de alterar profundamente a produção, a distribuição e a comercialização de produtos e serviços. Isso criará novas oportunidades de negócios, emprego e renda, mas trará, também, o risco de eliminação ou transformação de muitos postos de trabalho.



O Brasil experimenta, desde 2014, uma retração do nível de emprego, e sua retomada depende não apenas da superação de problemas da conjuntura econômica, como também do impacto estrutural dessas tecnologias sobre o mercado de trabalho. Utilizando uma metodologia inovadora, a pesquisa em andamento procurou ordenar as ocupações no que concerne ao potencial de automação, além de quantificar e classificar os empregos formais no Brasil em termos de risco de automação.

Este trabalho também reconstruiu a evolução histórica da...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica