Publicado em 09 Feb 2021

Compreendendo o ser humano

Redação

Além da falibilidade, da imprevisibilidade, bem como das características menos nobres pinçadas por Maquiavel, o ser humano tem outro traço comum aos seres vivos: a admirável capacidade de adaptação ao ambiente. Como tudo na vida, essa característica tem a sua face virtuosa e a sua face viciosa. Na primeira, há o benefício de permitir a sobrevivência, mesmo nos ambientes mais adversos. Na outra face, há o risco da adaptação que leva à zona de conforto, à imobilidade e à destruição lenta do homem e do profissional. Não são poucas as organizações em que as pessoas se comportam como mortos-vivos.

Mauriti Maranhão – 

O homem, desde que desenvolveu, diferentemente dos demais animais, a consciência, em algum momento comete erros e sempre tem alguma imprevisibilidade. Conhecer e administrar essas duas características é o desafio do líder, do pai, do educador e de todos nós que temos de nos relacionar permanentemente com seres humanos. Administrar bem ou mal essas duas características pode ser o fator decisivo para ensejar às pessoas o direito à felicidade e sucesso tanto no trabalho quanto na vida pessoal.

O ser humano possui, dentre outras, duas características intrínsecas: falibilidade e imprevisibilidade. Conhecer e administrar essas duas características é o desafio do líder, do pai, do educador e de todos nós que temos de nos relacionar permanentemente com seres humanos. Administrar bem ou mal essas duas características pode ser fator decisivo para obter felicidade e sucesso no trabalho e na vida pessoal.

Conhecendo profundamente a complexa e não raro frustrante natureza humana, Maquiavel foi sutil e devastador, quando escreveu sobre o comportamento que os príncipes (os governantes de plantão) deveriam adot...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica