Publicado em 08 Jun 2021

A qualificação e a certificação do mecânico lubrificador

Redação

O atrito é uma designação genérica da resistência que se opõe ao movimento. Esta resistência é medida por uma força denominada força de atrito. Pode-se encontrar o atrito em qualquer tipo de movimento entre sólidos, líquidos ou gases. No caso de movimento entre sólidos, o atrito pode ser definido como a resistência que se manifesta ao movimentar-se um corpo sobre outro. O atrito tem grande influência na vida humana, ora agindo a favor, ora contra. No primeiro caso, por exemplo, possibilitando o simples caminhar. O segundo preocupa-nos mais de perto e tudo tem sido feito para minimizar esta força. O menor atrito que existe é dos gases, vindo a seguir o dos fluidos e, por fim, o dos sólidos. Como o atrito fluido é sempre menor que o atrito sólido, a lubrificação consiste na interposição de uma substância fluida entre duas superfícies, evitando, assim, o contato sólido com sólido, e produzindo o atrito fluido. É de grande importância evitar-se o contato sólido com sólido, pois este provoca o aquecimento das peças, perda de energia pelo agarramento das peças, ruído e desgaste. Uma vez que o atrito e o desgaste provêm do contato das superfícies, o melhor método para reduzi-los é manter as superfícies separadas, intercalando-se entre elas uma camada de lubrificante. Isto, fundamentalmente, constitui a lubrificação. Dessa forma, o mecânico lubrificador executa a manutenção mecânica e lubrificação em máquinas e equipamentos, para garantir o pleno atendimento aos parâmetros de processo e de qualidade necessários para a produção evitando paradas na linha devidas falhas de natureza mecânica. Atua na manutenção mecânica e antevê anormalidades que possa interferir neste desempenho. O lubrificador industrial é o profissional especializado em realizar e planejar atividades de manutenção e lubrificação de máquinas e equipamentos. Por lubrificação industrial, deve-se entender a aplicação de substâncias lubrificantes – fluidos, óleos, graxas ou pastas – visando à redução do atrito e, consequentemente, da degradação de ferramentas, peças, máquinas e equipamentos envolvidos em determinado movimento necessário para o funcionamento do processo produtivo. Deve-se entender os requisitos e a sistemática para qualificação e certificação do mecânico lubrificador, bem como define as atribuições e atividades para os níveis descritos.

Da Redação – 

Na verdade, os lubrificantes são quaisquer materiais que, interposto entre duas superfícies atritantes, reduzem o atrito. As principais funções dos lubrificantes, nas suas diversas aplicações, são várias, como o controle do atrito, transformando o atrito sólido em atrito fluido, evitando assim a perda de energia; realizar o controle do desgaste, reduzindo ao mínimo o contato entre as superfícies, origem do desgaste; realizando o controle da temperatura, absorvendo o calor gerado pelo contato das superfícies (motores, operações de corte, etc.).

A lubrificação também realiza o controle da corrosão, evitando que a ação de ácidos destrua os metais e faz a transmissão de força, funcionando como meio hidráulico, transmitindo força com um mínimo de perda, em sistemas hidráulicos, por exemplo. Executa o amortecimento de choques, transferindo energia mecânica para energia fluida (como nos amortecedores dos automóveis) e amortecendo o choque dos dentes de engrenagens.

Pode, ainda, fazer a remoção de contaminantes, evitando a formação de borras, lacas e vernizes e a vedação, impedindo a saída de lubrificantes e ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica