Publicado em 21 Aug 2018

Fake news, um subproduto letal da cybersociedade

Redação

Depois de ser postada a circular na web, toda informação se torna eterna.

cunha

Paulo José Cunha

Anotem, porque vou escrever um despropósito: o principal problema das fake news não é o dano causado pelas informações falsas, mas o caráter kafkaniano de que se revestem pela impossibilidade de identificação de autoria e origem. Quando falamos de internet falamos planetariamente.

Portanto, uma informação falsa postada no Reino de Avalon atacando a honra de um morador de Pasárgada não tem como ser deletada nem o autor punido, a menos que haja um acordo de cooperação entre os dois governos, já que cada país tem uma legislação específica sobre a rede mundial de computadores. Além disso, depois de posta a circular na web, toda informação se torna eterna.



Mesmo que seja banida por decisão judicial de um blog ou rede social como o facebook ou o twitter, basta que alguém a tenha copiado e distribuído para ela voltar a circular como se fosse nova. Sem falar no tempo interminável gasto na apuração, julgamento e condena...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica