Publicado em 12 fev 2019

As diretrizes para a competitividade brasileira

Redação

Será que o Inmetro com o novo governo vai conseguir atuar e melhorar a competitividade brasileira? Veja o que pensa o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, e a nova presidente do Inmetro, Ângela Flores Furtado.

inmetro2Da Redação –

Em apresentação no auditório do Inmetro, no Rio de Janeiro, o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, explicou que os modelos do Inmetro e do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) serão revistos, visando a simplificação e a expansão. Os dois institutos são fundamentais para a inserção global do Brasil e para mais investimentos e geração de empregos no país.

“Produtividade e competitividade estão intimamente relacionados e são o nosso foco no médio e longo prazos. Um país produtivo e competitivo poderá resolver o problema do desemprego. O Inmetro é uma instituição respeitável, uma das marcas mais valiosas do governo hoje. Traz nela confiança, um conceito de enorme valor no mundo moderno, assim como os seus padrões e rastreabilidade”, ressaltou o secretário.



Para ele, o Inpi e o Inmetro juntos com as necessidades do setor privado poderão gerar mais produtividade, co...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica