Publicado em 14 May 2019

Espanando a poeira da estante

Redação

Diante de livros, nós, compradores inveterados, nos sentimos como aquele menino se servindo numa mesa de doces e ouvindo a mãe dizer para não ter o olho maior que a barriga. E ele sempre tem.

jurandir

Jurandir Renovato

Dia desses consegui uma rara coletânea de contos policiais cubanos por um portal de venda de livros online. Esses portais são a oitava maravilha do mundo, com milhares de livrarias, sebos e livreiros cadastrados e você pode obter qualquer livro em qualquer um deles sem precisar levantar da cadeira.

Pode pesquisar por título, autor, editora e refinar a busca por ano de edição, pelo estado do exemplar ou por qualquer outra coisa que sua imaginação bibliófila conceber. O melhor de tudo é quase sempre encontrar o que quer e nunca ter de ouvir aquelas frases desestimulantes do tipo não chegou ainda, vou fazer o pedido ou – a pior de todas – está esgotado.



No início, quando descobri o portal, passei a comprar feito um destrambelhado. Fiz uma lista dos títulos que queria, dos que ainda não havia lido, dos que havia lido mas não tinha na estante, dos que havia tido um dia e queria ter de novo, dos que precisava ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica