Publicado em 11 Dec 2018

Acidentes de trânsito no Brasil: uma calamidade pública

Redação

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 1.250.000 pessoas morrem, no mundo, por ano em acidentes de trânsito, e desse total metade das vítimas são pedestres, ciclistas e motociclistas. O trânsito brasileiro é o quarto mais violento do continente americano, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Dentro do país, o estado de São Paulo tem o maior número de óbitos no trânsito e dirigir alcoolizado é a segunda maior causa.

trânsito2Hayrton Rodrigues do Prado Filho –

Mesmo depois que foi publicada a Lei Ordinária 13.546, do Código de Trânsito Brasileiro, que aumenta a punição para o motorista que causar morte dirigindo alcoolizado, os acidentes de trânsito no Brasil continuam uma calamidade pública. No caso de dirigir sob o efeito do álcool, a pena, que antes era de dois a quatro anos de detenção, passou para cinco a oito anos de reclusão. Mas, será que alguma coisa mudou no país? Segundo a Agência Brasil, de janeiro a junho deste ano, os acidentes de trânsito provocaram 19.398 mortes e 20.000 casos de invalidez permanente no país. Os dados são do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), órgão da Escola Nacional de Seguros.

As principais vítimas são homens de 18 a 65 anos e motociclistas. A economista e coautora do estudo Natália Oliveira alertou que os principais fatores associados aos acidentes são falta de educação, desrespeito às leis, excesso de velocidade, ingestão de álcool, direção perigosa e uso de celular.

...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica