Publicado em 12 Feb 2019

Quem vai ganhar a corrida pela inteligência artificial (IA)?

Redação

A China e os Estados Unidos lideram a corrida - e os retardatários enfrentam graves perigos.

yuval3

Yuval Noah Harari

A corrida para desenvolver a inteligência artificial (IA) está ganhando força e, à medida que os Estados Unidos e a China avançam, outros países, especialmente no mundo em desenvolvimento, estão muito atrasados. Se eles não alcançam, suas perspectivas econômicas e políticas serão sombrias.

Para aqueles países no fundo do poço, os desafios econômicos serão bastante difíceis: em um mundo automatizado, haverá muito menos demanda para a mão de obra não qualificada que eles normalmente fornecem. Mas os perigos políticos serão igualmente assustadores. A IA já possibilita hackear seres humanos - coletar dados sobre indivíduos e depois usá-los para decifrar, prever e manipular seus desejos. Por exemplo, os relatos de vários jornais revelaram que a Cambridge Analytica fez exatamente isso com os dados do facebook dos eleitores americanos.



Todos os países, independentemente de ter tecnologia ou não, sentirão os efeitos...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica