Publicado em 01 Jun 2021

A instalação e o comissionamento de máquinas

Redação

O comissionamento da máquina é um conjunto estruturado de conhecimentos, práticas, procedimentos e habilidades aplicáveis de forma integrada a uma determinada máquina, visando torná-la operacional, certificando sua operabilidade em termos de desempenho, segurança, confiabilidade e rastreabilidade de informações. Assim, a transição da construção de uma planta industrial para a operação é o comissionamento e a inicialização. O comissionamento da planta de processamento abrange atividades como limpeza, descarga, verificações, testes de vazamento, avaliação de desempenho e testes funcionais essenciais para colocar uma planta ou instalação recém-instalada em operação de rotina. A experiência de comissionamento é um ramo especializado da engenharia equivalente às habilidades relacionadas de projeto, construção e operação. O comissionamento correto é vital para a operação satisfatória de qualquer planta ou instalação e é essencial que tempo e recursos suficientes sejam alocados para os diferentes estágios do comissionamento e partida. Como o comissionamento é a última fase importante antes da operação, há o risco de que o comissionamento ocorra sob grande pressão de tempo ou mesmo que algumas atividades de comissionamento atrasadas possam continuar após a operação inicial da planta. Alguns esforços especiais são necessários para garantir a segurança e confiabilidade no comissionamento. Como as atividades de comissionamento, partida e parada são responsáveis por diversos acidentes, falhas e outros problemas, essas atividades merecem atenção especial. Antes de uma planta ou instalação ser entregue para operação normal, ela deve ser inspecionada, verificada, limpa, enxaguada, verificada e testada. Esse processo é chamado de comissionamento e envolve o empreiteiro e o operador de uma instalação. O comissionamento geral inclui completação mecânica, testes de vazamento, limpeza, descarga, aceitação provisória, pré-comissionamento, primeira partida e pós-comissionamento. É necessário um planejamento cuidadoso para o comissionamento e a inicialização. A integração de diferentes sistemas, particularmente sistemas de controle com outros, deve ser perfeita. Isso exige uma ampla gama de verificações, verificações e testes em condições realistas. No caso das máquinas, deve-se entender os requisitos técnicos a serem adotados na relação entre o cliente e os prestadores de serviços (fabricante e executor) para as atividades de instalação e comissionamento de máquinas.

As economias de escala levaram a um rápido aumento na produção das plantas de processamento, o que resultou em um crescimento no número de itens e auxiliares por planta. Os esquemas complexos de controle automático estão sendo instalados para reduzir a probabilidade de mau funcionamento e consequentes danos às fábricas e instalações.

Somado a isso, há sistemas de monitoramento de condições vastos e complicados, que são amplamente usados em fábricas de processamento modernas. O comissionamento de plantas e instalações tecnologicamente avançadas e controladas por computador geralmente requer uma abordagem radical e avançada e equipes altamente competentes, principalmente em relação `s máquinas e equipamentos.

As plantas e unidades modernas de alto desempenho deixam margens menores para erros no projeto, operação de construção e comissionamento. Isso torna a planta mais sensível a fenômenos imprevistos ou erros. Isso se mostra em muitas incidências operacionais, trazendo pesadas perdas financeiras para as empresas de operação. Em muitas fábricas de processamento modernas, praticamente não há margem para erro ou falha nas diferentes fases do comi...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica