Publicado em 02 Aug 2022

A classificação e as especificações dos gessos odontológicos

Redação

Os gessos odontológicos são um dos materiais mais fundamentais para a odontologia. Na graduação, o primeiro contato do dentista com esse material é estudando suas características e propriedades na disciplina de materiais dentários. Em seguida em praticamente todas as disciplinas utilizam-se desse material para auxiliar no diagnóstico, planejamento e tratamento dos pacientes. A gipsita ou gesso é um mineral encontrado em várias partes do mundo, sendo também obtida como subproduto de alguns processos químicos. Quimicamente, este mineral, usado para fins odontológicos, é basicamente um sulfato de cálcio diidratado (CaSO4 – 2H2O). Os produtos da gipsita são usados na odontologia no preparo de modelos de estudo das estruturas oral e maxilofacial, sendo utilizados também como um importante auxílio nos procedimentos de laboratório que envolvem a confecção de próteses dentárias. Vários tipos de gesso são usados para produzir moldes e modelos a partir dos quais próteses e restaurações são feitas. Os profissionais necessitam entender uma classificação e as especificações normativas dos gessos odontológicos utilizados para propósitos dentários, como impressões orais, moldes, gessos, gabaritos ou bases-modelo e modelos de montagem.

Para a preparação do modelo de gesso, deve-se tirar o molde em anel que retém a moldagem e encaixar o molde dividido nele. Após o tempo especificado nas instruções (pelo fabricante do material de duplicação) para vazar o modelo de gesso ou material para troquel em uma moldagem, adicionar (200 ± 1) g do gesso odontológico submetido a ensaio, na quantidade de água recomendada (ISO 3696, Grau 3), dispensada com exatidão de 0,5 mL, em um gral, e misturar por meio de um dos métodos (manual ou mecânico) especificados pelo fabricante nas instruções, utilizando água que atenda aos requisitos da ISO 3696, Grau 3.

Verter o gesso misturado na moldagem com vibração suave para preencher completamente o molde. Armazenar o gesso endurecido em ar a (23 ± 2) °C e (50 ± 10) % de umidade relativa, por (60 ± 1) min. Separar o modelo de gesso do material de duplicação e examinar a superfície com ranhura sob iluminação de baixo ângulo, utilizando um microscópio. Registrar a condição da reprodução da ranhura.

Para a avaliação, se a reprodução da ranhura avaliada estiver completa, então o produto atende ao requisito para a reprodução de detalhe. ...

Artigo atualizado em 02/08/2022 05:45.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica