Publicado em 02 Aug 2022

Os projetos estruturais dos sistemas light steel framing (LSF)

Redação

O LSF pode ser entendido como uma estrutura de aço, sendo que essa técnica, à base de aço galvanizado, é capaz de substituir as tradicionais construções de concreto, blocos e tijolos, garante economias expressivas por conta da redução de materiais necessários na hora da montagem. Para que essa técnica seja bem aplicada, é necessário ter profissionais que saibam trabalhar com esqueletos de aço e fechamentos internos e externos. E é por isso que uma das opções mais indicadas nesses casos, por tratar-se de tecnologias avançadas, que prezam pela otimização da obra e facilidade de manutenção, é o drywall. Na verdade, o sistema é formado por estruturas com perfis de aço galvanizado e o fechamento dessas estruturas é feito com placas que podem ser de madeira, cimentícias, painéis de alumínio composto ou até drywall. Após a fundação, os perfis de aço são colocados até ficarem com o formato desejado. Logo depois, as placas ou os painéis para fechamento são colocados nas laterais. Por fim, é feito o telhado, que pode ser com telhas de cerâmica, lajes de aço galvanizado com revestimento de madeira ou lajes pré moldadas de concreto. Os projetistas necessitam entender os requisitos gerais para projeto e dimensionamento das estruturas de aço que integram o sistema construtivo light steel framing, com base no método dos estados-limites especificados na NBR 14762.

Da Redação – 

A estrutura do LSF é montada com perfis (montantes e guias) de aço galvanizado. A galvanização mínima é de Z-275 (275g/m²) para obras urbanas e rurais e Z-350 (350g/m²) para ambientes agressivos e marinhos (distância menor que 2.000 m do mar), produzidos a partir de uma camada fina de zinco que protege o aço e evita a corrosão.

Os perfis U enrijecidos (montantes) são posicionados verticalmente e modulados a 400 mm e 600 mm, a escolha do tamanho das modulações vai depender do cálculo estrutural. Devem ser utilizados aços estruturais e materiais de ligação conforme a tabela abaixo que apresenta alguns dos aços mais usados com suas respectivas resistências ao escoamento e ruptura. Mais informações para os aços estruturais são dadas nas NBR 14762 e NBR 15253. Os perfis da estrutura devem ter espessura nominal mínima de 0,80 mm, exceto as ripas, que devem ter espessura nominal mínima de 0,65 mm. Na tabela abaixo, confira os valores mínimos de resistência ao escoamento e a resistência à ruptura de parafusos.

...

Artigo atualizado em 02/08/2022 05:38.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica