Publicado em 22 out 2019

Ponte aérea Israel – Brasil pode acelerar a competitividade brasileira

Redação

Para quem, de fato, quer sair à frente no Brasil, o caminho é a ponte aérea Brasil -- Israel.

paulo

Paulo Eduardo Brugugnoli

Israel é um dos três principais polos de inovação mundial, além dos Estados Unidos e China. Atualmente, mais de 530 multinacionais estão em terras israelenses e a força de trabalho local é uma das mais caras do mundo. Porém, o alto custo para aterrissar em Israel inviabiliza que um volume maior de companhias possa ter acesso ao celeiro de inovação local, que recebe 4,3% do PIB para pesquisa e desenvolvimento (P&D), ou seja, aproximadamente US$ 12,8 bilhões anualmente.



Deste montante, 86% são direcionados aos gastos no setor privado. Além disso, em Israel, há duas vezes mais investimentos de venture capital per capita se comparado com os Estados Unidos e 49% dos gastos israelenses com P&D são financiados por capital estrangeiro.

Então, como o Brasil poderá ter acesso a um dos mais importantes centros de desenvolvimento de tecnologia e inovação do mundo sem sair do país? A resposta é ter no território bra...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica