Publicado em 04 Aug 2020

Como se tornar um especialista em gestão de energia

Redação

Quando se trata de economia de energia, a gestão de energia é o processo de monitorar, controlar e conservar energia em um edifício ou organização. Normalmente, isso envolve a medição do consumo de energia e a coleta de dados; localizar as oportunidades para economizar energia e estimar quanto isso poderia gerar de economia. Normalmente, seria analisados os dados do medidor para encontrar e quantificar o desperdício de energia de rotina e também se poderia investigar a economia de energia que poderia fazer substituindo equipamentos (por exemplo, iluminação) ou atualizando o isolamento do edifício. Tomar medidas para direcionar as oportunidades de economia de energia (por exemplo, combater o desperdício de rotina e substituir ou atualizar o equipamento ineficiente. Os diagnósticos energéticos devem ser planejados e conduzidos como parte da identificação e priorização das oportunidades de melhoria no desempenho energético, na redução de desperdício de energia e na obtenção de benefícios ambientais relacionados. Os resultados do diagnóstico incluem informações sobre o uso e o desempenho atuais, e listam as recomendações por prioridade para melhorias em termos do desempenho energético e dos benefícios financeiros. Para o diagnóstico de tipos específicos de instalações, processos ou equipamentos, deve-se consultar as normas internacionais, nacionais e locais relevantes e diretrizes. Um diagnóstico energético é fundamentado em alguns princípios que auxiliam a fazer dele uma ferramenta eficaz e confiável para auxiliar a gestão em tomadas de decisões e controles, provendo informação sobre a qual a organização pode agir a fim de melhorar seu desempenho energético. Deve-se entender as recomendações de competências esperadas de especialistas em implementação do sistema de gestão da energia (SGE) por meio da aplicação da NBR ISO 50001.

Da Redação – 

Deve-se destacar que a NBR ISO 50001 de 06/2011 - Sistemas de gestão da energia - Requisitos com orientações para uso especifica os requisitos de um sistema de gestão da energia (SGE) para uma organização desenvolver e implementar uma política energética, estabelecer objetivos, metas e planos de ação que considerem requisitos legais e informações relativas ao uso significativo de energia. Um SGE habilita uma organização a atender sua política energética, tomar as devidas ações de melhoria de seu desempenho energético e demonstrar conformidade aos requisitos desta Norma. Pode-se ajustar a aplicação desta norma a requisitos específicos de uma organização – incluindo complexidade do sistema, grau de documentação e recursos – e abrange as atividades sob o controle da organização.

Ela se baseia na estrutura de melhoria contínua do Plan-Do-Check-Act e incorpora a gestão da energia nas práticas organizacionais diárias, melhoria da competitividade e redução de emissões de gases de efeito estufa e outros impactos ambientais relacionados. Esta norma é aplicável independentemente dos tipos de energia utilizados. Pode ser utilizada para certificação, registro ou autodeclaração do SGE de uma organização.

Ela não estabelece requisitos absolutos para o desempenho en...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica