Publicado em 13 Oct 2020

O impacto da crise na segurança da indústria de alimentos e bebidas

Redação

Cada vez mais a indústria de alimentos e bebidas precisa investir em novas tecnologias e melhores métodos de manutenção dos equipamentos e maquinários a fim de economizar tempo, gerenciar os processos com maior assertividade e aumentar a produtividade. Os fabricantes de alimentos e bebidas trabalham, simbolicamente, dentro de uma panela de pressão. Manter o controle dos custos de produção e gastos com energia pode ser um desafio diário.

Richard Landim – 

A indústria de alimentos e bebidas é um dos setores que mais cresce no mundo inteiro. No Brasil, de acordo com levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia), o segmento de alimentos e bebidas cresceu 6,7% em 2019, comparado ao ano de 2018. Em termos de faturamento, 2019 atingiu R$ 699,9 bilhões, tendo registrado no ano anterior a marca de R$ 656 bilhões, sendo R$ 528,3 bilhões em alimentos e R$ 127,7 bilhões em bebidas. O relatório ainda revela que a área, atualmente, é responsável por 9,6% do PIB brasileiro.

Debate Brasil Desafios 2021

A Academia Brasileira da Qualidade (ABQ) irá realizar no dia 12 de novembro, das 10 às 12 h, o debate Brasil Desafios 2021, de forma v...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica