Publicado em 20 Oct 2020

Investir em IoT aumenta a eficiência operacional

Redação

Por meio da internet das coisas (IoT), geoprocessamento e telemetria avançada, por exemplo, as empresas siderúrgicas e mineradoras encontram novos caminhos para reduzirem custos e aumentarem a produtividade das operações, buscando assim uma maior eficiência na movimentação de matéria prima, produtos e subprodutos - parte crucial da cadeia de produção. Mas nem todas as companhias do setor conseguem enxergar como essa conectividade pode trazer resultados a curto prazo.

Vinicius Callegari – 

Imagine conectar diversos dispositivos por meio da internet e ainda fazer com que eles troquem informações entre si e em tempo real. Conseguiu visualizar? É exatamente essa a ideia por trás da internet das coisas (IoT) e que possibilita interligar de ponta a ponta toda a cadeia, realizar diversos monitoramentos, acompanhar todas as atividades e o andamento operacional. 

Por meio do IoT, geoprocessamento e telemetria avançada, por exemplo, as empresas siderúrgicas e mineradoras encontram novos caminhos para reduzirem custos e aumentarem a produtividade das operações, buscando assim uma maior eficiência na movimentação de matéria prima, produtos e subprodutos - parte crucial da cadeia de produção. Mas nem todas as companhias do setor conseguem enxergar como essa conectividade pode trazer resultados a curto prazo.

Segundo um estudo realizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 73% das empresas atuam na indústria 4.0 ainda que em estágio inicial de implantação das tecnologias de IoT. Para se ter uma ideia, com a adesão de soluções inteligentes, estima-se que somente no Brasil haver...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica