Publicado em 20 Oct 2020

O comissionamento de sistemas elétricos e de controle de processos industriais

Redação

O comissionamento é o processo de assegurar que os sistemas e componentes de uma edificação ou unidade industrial estejam projetados, instalados, testados, operados e mantidos de acordo com as necessidades, requisitos operacionais do proprietário e os requisitos para manutenção. Ele pode ser aplicado tanto a novos empreendimentos quanto a unidades e sistemas existentes em processo de expansão, modernização ou ajuste. O objetivo central do comissionamento é assegurar a transferência da unidade civil ou industrial do construtor para o proprietário de forma ordenada e segura, garantindo sua operabilidade em termos de desempenho, confiabilidade e rastreabilidade de informações. Adicionalmente, quando executado de forma planejada, estruturada e eficaz, o comissionamento tende a se configurar como um elemento essencial para o atendimento aos requisitos de prazos, custos, segurança e qualidade do empreendimento. Na manutenção dos equipamentos da subestação é importante ter um diagnóstico mais apurado das condições dos equipamentos instalados. Os ensaios elétricos apresentam a situação do equipamento, avaliando a sua atual condição, identificando uma anomalia que eventualmente deixe o equipamento indisponível. Por exemplo, o megôhmetro é o instrumento usado para medir resistência de isolação, permitindo detectar e diagnosticar falhas nos equipamentos elétricos. Seu princípio de funcionamento tem como base que, aplicando-se uma tensão de corrente contínua a um isolante, a corrente que circula através dele tem três componentes distintas: corrente de carga de capacitância, natural do material sob ensaio; corrente de absorção dielétrica, que circula através do corpo do material; corrente de fuga através do isolante, a qual tem dois componentes importantes, um significando fuga através da superfície do material e outro do próprio isolante. Com base nesses fatores o megômetro traz uma leitura precisa dos valores de resistência dielétrica do material isolante. Esse equipamento possui três bornes em que são conectados os cabos de mesma cor com as seguintes características: nos equipamentos das subestações que possuem uma classe de tensão de 15 kV, o ensaio pode ser realizado com a tensão de 5 kV ou 10 kV do megôhmetro. Deve ser adotado um cuidado especial ao realizar o ensaio no enrolamento de baixa tensão do transformador, pois nesse caso deve ser utilizada a menor tensão do equipamento, geralmente 500 V. Ao desligar o equipamento deve-se aguardar que a luz indicativa de tensão se apague, o que leva alguns segundos, para que depois seja possível manusear os cabos. Deve-se entender as fases e os marcos específicos para o comissionamento de sistemas elétricos, de instrumentação e de controle de processos industriais.

Da Redação – 

O comissionamento de sistemas elétricos e controle de processos industriais é um serviço essencial para assegurar que a instalação atenda as especificações técnicas normalizadas. O procedimento verifica se os equipamentos instalados estão em conformidade com o projeto e com a normalização vigente determinada por órgãos competentes. A análise consiste em testes e ensaios específicos, para comprovar que os laudos emitidos pelos fabricantes e a construção dos componentes estão em conformidade técnica.

Como o sistema é composto por dispositivos de várias origens, o comissionamento desses sistemas é fundamental para avaliar o funcionamento geral do sistema após sua instalação e montagem. É importante ainda considerar que, durante o transporte e a instalação, os componentes podem sofrer avarias que somente ensaios específicos conseguem detectar. Dessa forma, a aplicação do comissionamento se dá por meio de vários ensaios e processos que utilizam instrumentos próprios, com certificado de calibração rastreado.

Depois das avaliações, o relatório técnico é emitido contendo o laudo específico de cada equipamento...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica