Publicado em 20 Oct 2020

O futuro das organizações

Redação

Nos últimos meses, a maioria das organizações tem trabalhado em modo de sobrevivência mínima, com foco no essencial. Mas, não poderão continuar assim por tempo indeterminado e, passada a fase mais crítica da pandemia retornar à realidade anterior (legado) simplesmente não é opção. Neste texto, são mostrados alguns aprendizados ocorridos nos últimos meses e, com base neles e em resultados de pesquisas realizadas recentemente, são descritos alguns insights para as empresas evoluírem do modo minimum survival para o que se pode chamar de ótimo estratégico, construindo assim a organização do futuro.

Björn Hagemann e Fernanda Mayol – 

Para conseguir sobreviver à crise de múltiplas dimensões provocada pela pandemia do novo coronavírus, as empresas tiveram de realizar adaptações rápidas e evoluir em questões-chave como novos formatos de trabalho (home office, mas não só), estrutura organizacional (menos hierarquia, mais ágil), velocidade de automação e de digitalização, entre outros desafios da era digital. Nos últimos meses, a maioria das organizações tem trabalhado em modo de sobrevivência mínima, com foco no essencial.

Mas, não poderão continuar assim por tempo indeterminado e, passada a fase mais crítica da pandemia retornar à realidade anterior (legado) simplesmente não é opção. Neste texto, são mostrados alguns aprendizados ocorridos nos últimos meses e, com base neles e em resultados de pesquisas realizadas recentemente, oferece alguns insights para as empresas evoluírem do modo minimum survival para o que se pode chamar de ótimo estratégico, construindo assim a organização do futuro.

...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica