Publicado em 25 May 2021

O potencial uso de inteligência artificial (IA) nas empresas

Redação

A IA é um avanço tecnológico que permite que sistemas simulem uma inteligência similar à humana — indo além da programação de ordens específicas para tomar decisões de forma autônoma, baseadas em padrões de enormes bancos de dados. Em sua essência, permite que os sistemas tomem decisões de forma independente, precisa e apoiada em dados digitais. O que, numa visão otimista, multiplica a capacidade racional do ser humano de resolver problemas práticos, simular situações, pensar em respostas ou, de forma mais ampla, potencializa a capacidade de ser inteligente. Enfim, como a capacidade das máquinas de pensarem como seres humanos: aprender, perceber e decidir quais caminhos seguir, de forma racional, diante de determinadas situações. Até então, os computadores precisavam de três grandes pilares evoluir da computação simples para a atual, de inteligência artificial: bons modelos de dados para classificar, processar e analisar; acesso a grande quantidade de dados não processados; e computação potente com custo acessível para processamento rápido e eficiente.

Renato Monteiro – 

Estamos rodeados por diversos termos tecnológicos dentro e fora do ambiente corporativo que, assim como grande parte das tecnologias desenvolvidas desde o início da história, foram criadas com para facilitar a vida dos seres humanos. Cloud, big data, RPA, inteligência artificial (IA) - atualmente, as empresas têm implementado estas tecnologias para multiplicar as capacidades humanas e otimizar processos.

Antes de nos aprofundarmos, precisamos entender termos como IA e machine learning e como essas duas palavras se relacionam. Enquanto a IA é o termo mais amplo da tecnologia, engloba um conjunto de ações e mecanismos com o objetivo de reproduzir capacidades da mente humana e proporcionar com que máquinas executem tarefas autonomamente (sem a intervenção humana).

O machine learning é uma aplicação muito difundida da IA em que a máquina aprende e evolui automaticamente através de dados e exposição de experiências sem ter sido previamente programada. Exemplo, ao comprar um novo par de sapatos, usualmente a pessoa compra também um novo par de meias; a máquina entende então que ao comprar o item A, o c...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica