Publicado em 16 Nov 2021

O impacto do vazamento de gases medicinais na área da saúde

Redação

As instalações médicas e todo o ecossistema da saúde nunca foram tão demandados. Para agravar o cenário, o vazamento de gases comprimidos tornou-se um problema recorrente e apresenta sérios riscos ao ambiente hospitalar. Durante a pandemia, o problema é ainda mais crítico, uma vez que os locais de atendimento ao paciente são mais utilizados e há pouca oportunidade de realizar verificações regulares onde os gases são administrados. Como os sistemas estão funcionando em sua capacidade máxima, a probabilidade de vazamentos aumenta e a necessidade de solucionar esta questão é mandatória. Assim, a importância de fomentar a discussão sobre este tema e as soluções viáveis para solucionar o problema nas organizações de saúde.

Carlos Rubim – 

As instalações médicas e todo o ecossistema da saúde nunca foram tão demandados. Para agravar o cenário, o vazamento de gases comprimidos tornou-se um problema recorrente e apresenta riscos inerentes, especialmente no ambiente hospitalar, no qual os riscos são ainda maiores devido à natureza do negócio.

Durante a pandemia, o problema se tornou ainda mais crítico, uma vez que os locais de atendimento ao paciente são mais utilizados e há pouca oportunidade de realizar verificações regulares onde os gases são administrados. Como os sistemas estão funcionando em sua capacidade máxima, a probabilidade de vazamentos aumenta e a necessidade de solucionar esta questão é mandatória.

Existem algumas semelhanças entre os gases utilizados em plantas industriais e nas instalações da área da saúde, mas a similaridade mais comum é o fato de que eles tendem a vazar nos mesmos lugares e da mesma forma. Hoje, os gases medicinais e as instalações em que são utilizados criam desafios diferentes para as equipes de manutenção.

A falha, durante o monitoramento e diagnóstico destes vazamentos, pode expor os funcionár...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica