Publicado em 21 Dec 2021

Uma percepção sobre o setor logístico

Redação

Com o crescimento dessa demanda, o segmento logístico precisou se adequar incluindo novos modelos de operação, que agora precisam estar conectados a complexidade das novas cadeias logísticas multicanal e devem ser mais ágeis e confiáveis. Além dessa adequação, também foi necessária a atenção em outros pontos fundamentais, como a utilização de tecnologia como aliada nos novos processos de controle e aumento da eficiência da gestão de ativos existentes e modelos matemáticos baseados em pesquisa operacional que buscam a solução ótima para aquele problema logístico.

André Prado – 

Após mais de um ano de pandemia, é notório que a economia e os costumes sociais mudaram e hábitos que antes eram quase automáticos, tiveram que ser transformados. Diante de uma crise humanitária que não víamos há tempos, a sociedade precisou se adequar a novas formas de interagir com relação aos efeitos econômicos e sociais deste novo cenário.

Nesse contexto, muitos setores passaram por adversidades e reestruturações, gerando a diminuição de produção ou tendo que se adequar a novos modelos. Entretanto, no setor logístico, a realidade foi ainda mais transformacional: os consumidores passaram a comprar mais online e o setor teve que se adaptar a esse novo padrão de consumo.

O setor de comércio eletrônico, que já vinha em constante crescimento, tornou-se mais estratégico e soluções multicanal tiveram que ser criadas rapidamente. De acordo com relatório da EBIT, o e-commerce no Brasil atingiu R$ 53,4 bilhões somente no primeiro semestre de 2021, um crescimento de 31% em comparação ao mesmo período do ano anterior, o que mostra que mesmo após a abertura do comércio presencial, os consumidores ainda estão ...

Artigo atualizado em 15/12/2021 12:07.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica