Publicado em 08 out 2019

Podemos ter uma melhor versão de nós mesmos?

Redação

Para inspirar as pessoas no exercício da influência, há a necessidade do autogerenciamento nas competências de autopercepção, empatia e consciência total dos vieses inconscientes do preconceito.

livia

Lívia Mendelli

Muitas vezes nos perguntamos o porquê de nossa liderança não obter o efeito que gostaríamos que tivesse nas pessoas. Ou, por que não conseguimos trazê-las para perto de nós e inspirá-las a fazer o seu trabalho com excelência? Com o estilo comando/controle já ultrapassado, é importante refletirmos e entendermos quais são as estratégias pessoais que devemos usar para perpetuar uma liderança de qualidade.



A resposta está em nosso próprio comportamento. Há duas vertentes essenciais na jornada de inspiração de pessoas. Uma delas é ter altos níveis de autopercepção, uma das competências de inteligência emocional, é fundamental para o exercício da liderança. Quanto mais você percebe suas atitudes, mais consegue adequá-las ao estilo do outro.

A pergunta que não quer calar é: por que não posso simplesmente agir do jeito que sou? E a resposta é mais que clara – simplesmente, porque se fechar em seu próprio mundo e fazer as...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica