Publicado em 19 nov 2019

Os ensaios em sacolas plásticas

Redação

As sacolas podem ser feitas de polímeros, de fonte renovável, biodegradável ou não. São de grande utilidade às pessoas, garantindo comodidade, bem-estar e economia. Existem algumas ações para promover a fabricação de sacolas resistentes e o engajamento da sociedade como um todo para difundir o uso responsável das sacolinhas, assim como seu descarte correto. Isso tem surtido algum efeito positivo na redução do desperdício e na preservação ambiental. Para manter a sua qualidade, devem ser conhecidos os requisitos mínimos e métodos de ensaio para fabricação de sacolas plásticas tipo camiseta, destinadas ao transporte de produtos distribuídos no varejo.

sacola2Da Redação -

Entre 500 bilhões e 1 trilhão de sacolas plásticas são consumidas em todo o mundo anualmente. No Brasil, cerca de 1,5 milhão de sacolinhas são distribuídas por hora. É muito? Sem dúvida, e a natureza também acha.



As sacolas plásticas não são o maior vilão do meio ambiente, mas o seu consumo excessivo é. práticas e gratuitas, têm um alto custo ambiental. Para sua produção são consumidos petróleo ou gás natural (ambos recursos naturais não-renováveis), água e energia, e liberados efluentes (rejeitos líquidos) e emissões de gases tóxicos e do efeito estufa.

Depois de usadas, muitas são descartadas de maneira incorreta, aumentando a poluição e ajudando a entupir bueiros que escoam as águas das chuvas ou indo parar nas matas e oceanos, sendo ingeridas por animais que morrem sufocados ou presos nelas. Pouquíssimas chegam a ser recicladas. Consumir sacolas plásticas de maneira consciente significa refletir antes de aceitar uma ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica