Publicado em 28 Apr 2020

A eficácia dos hidrantes no combate aos incêndios

Redação

É uma pena que a maioria dos hidrantes no Brasil esteja em condições inoperantes. Mas, eles são um dos instrumentos mais eficazes na hora de extinguir as chamas em edifícios, indústrias ou mesmo na rua. Eles ficam instalados em uma rede de abastecimento de água para uso imediato. Eles possuem diferentes funções, como os para incêndio de coluna, mais conhecidos como hidrante de solo ou urbano, sendo utilizado pelo Corpo de Bombeiros, já que é aberto com uma chave que só fica com esses profissionais. O hidrante de solo fica instalado na rede de água pública e em áreas estratégicas, facilitando o acesso dos bombeiros. Os industriais são instalados na rede industrial em locais estratégicos. Esse tipo de hidrante para incêndio utiliza água reservada para incêndio. Independente do segmento industrial, é obrigatório que as empresas com área construída igual ou maior que 750 m² instalem o equipamento. O de parede é instalado na parede e deve estar sempre disponível aos bombeiros ou brigadistas, caso seja necessário combater incêndio. Esses hidrantes são guardados em caixas apropriadas junto com seus acessórios, como esguicho, chave de mangueira e mangueira de incêndio. E os de recalque são instalados em frente a edifícios e condomínios e tem como função alimentar o sistema de hidrantes da edificação. Também serve para recalcar água para o incêndio pela viatura do Corpo de Bombeiros. É importante conhecer os requisitos para fabricação, inspeção e recebimento de hidrantes de coluna urbanos de incêndio e os subterrâneos, de ferro fundido dúctil, para serem empregados em redes de abastecimento público de água.

Hayrton Rodrigues do Prado Filho – 

Os hidrantes podem ser definidos como os pontos de tomada de água onde há uma (simples) ou duas (duplo) saídas contendo válvulas angulares com seus respectivos adaptadores, tampões, mangueiras de incêndio e demais acessórios. É um sistema hidráulico que combate incêndios e protege as pessoas e o patrimônio, sendo composto por um reservatório de água, bombas de incêndio, tubulações e peças hidráulicas, registro de manobra, abrigo de mangueiras e um registro de recalque.

Junto com os sprinklers auxiliam no combate e extinção de incêndio. Os hidrantes são acionados manualmente e podem ser utilizados pelos próprios moradores em caso de emergência. Geralmente é disposto, em edifícios, na parede e o síndico ou outro operador responsável pelo equipamento deve contar com a chave de mangueira, o esguicho agulheta, dois lances de mangueira de 15 m cada e os abrigos que devem estar devidamente sinalizados.

Nas caixas de hidrante há encaixe para mangueiras no registro, em seguida, deve-se abrir o registro para fornecer a água, a vazão e pressão estão determinados no projeto de combate a incêndio. O usuário deve tomar cuidado para não abrir ou fechar um hidrante muito rapidamente, pois isso pode causar um enxurrada de água que pode danificar tubos e equipamentos próximos.

Quando um bombeiro está operando, normalmente usam equipamentos de proteção individual, como luvas e capacete. A água em alta pressã...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica