Publicado em 08 Jun 2021

A especificação de cores de acordo com o sistema de notação Munsell

Redação

A percepção visual é formada a partir de seis cores elementares: verde, vermelho, azul, amarelo, branco e preto. A percepção do branco é o resultado da combinação particular de cores elementares. O preto é, de fato, uma percepção de cor, uma vez que a ausência de percepção não tem significado neural ou psicológico. Existem diversos métodos de sistematização do espaço de cores, sendo que essa sistematização pode ser feita para a especificação da aparência das cores ou da diferença entre as cores, mas ainda não há um sistema de cores perfeito para nenhuma das finalidades. Dentre os sistemas de aparência de cores, o mais conhecido e utilizado é o Sistema de Cores de Munsell (Munsell Color System). Grande parte dos sistemas de diferenças de cores foi desenvolvida a partir daquele criado pela Comission Internationale de l’Eclairage de 1931. O Sistema Munsell foi desenvolvido pelo artista e educador Albert Henry Munsell (1858-1918), tendo sido publicado como um sistema de ordenamento de cores em 1905. Nesse sistema, as cores são arranjadas cilindricamente com as coordenadas: o eixo vertical representa value (V), uma dimensão associada ao brilho, entre preto (V = 0) e branco (V = 10), para as cores localizadas respectivamente nos extremos – inferior e superior – do eixo vertical. Perpendicularmente ao eixo vertical estão dispostas as outras dimensões representando os outros dois atributos das cores. O ângulo polar e a distância, representam, respectivamente, o hue ou matiz (H) e o chroma (C), dimensão associada à saturação. No caso do matiz, o círculo de cores do sistema é dividido em 100 partes iguais, identificadas no círculo externo, H variando de 0 a 100. Por exemplo, os matizes vermelhos (R) encontram-se entre 0 = H = 10. A saturação, determinada pelo afastamento em relação ao eixo vertical, mostra que uma cor, quanto mais distante do eixo vertical, maior o seu grau de saturação. Assim, deve-se buscar conhecer os meios de especificação de cores dos objetos de acordo com os termos utilizados no sistema Munsell de cores.

 

Da Redação – 

A retina humana possui três tipos de cones, com sensibilidade máxima em diferentes regiões do espectro visível, mas com grande sobreposição entre as faixas espectrais de absorção de luz. As diferentes misturas das três primárias possibilitam a formação de todas as cores possíveis de serem percebidas pelo homem.

Dessa forma, as cores podem ser obtidas quando se têm as proporções adequadas para cada primária. Essa mistura ocorre quando cores-luzes coincidem no espaço e no tempo de modo a serem vistas como uma única cor-luz. A construção do espaço de cores foi realizada com a utilização da equiparação cromática.

Nessa técnica, é apresentado ao observador um campo circular bipartido, com um dos lados iluminado por uma luz monocromática e a outra metade sendo iluminada simultaneamente por três diferentes luzes que, em geral, correspondem às primárias vermelho, verde e azul. A tarefa do observador é ajustar a intensidade de cada uma das três primárias até que as duas metades do círculo sejam percebidas como iguais. A trinca de valores passa a representar a cor monocromática que foi testada.

O experime...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica