Publicado em 04 Feb 2020

Poluição prejudica a saúde e a educação

Redação

Os dados da Organização Mundial da Saúde revelam que a maior taxa de mortalidade no planeta já não é mais a das doenças transmissíveis. Prevalecem, no novo século, os efeitos letais das enfermidades causadas pelos referidos agravos ambientais.

dioclécio

Dioclécio Campos Júnior

A era da ciência tem produzido sólidos conhecimentos em todos os campos de pesquisa. São recursos que, se fossem bem utilizados, poderiam, de fato, ter contribuído para o verdadeiro progresso da humanidade, avanço que não ocorreu na devida proporção. As evidências científicas, disponibilizadas ao longo do tempo, não têm merecido a devida valorização como fonte de energia construtiva de uma sociedade saudável da espécie humana.



De fato, o desenvolvimento socioeconômico que tomou conta do planeta baseia-se unicamente na lógica do lucro que abastece os interesses dominantes. Tudo o mais é menosprezado. Grande parte das pesquisas científicas envolve os componentes físicos, químicos, biológicos e sociais do universo ecológico.

Todavia, a relevância do meio ambiente para a qualidade de vida das pessoas é desprezada. Exemplo demonstrativo desse argumento é a crescente poluição dos espaços urbanos em qu...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica