Publicado em 11 Feb 2020

A medição de ruído em tratores agrícolas e florestais

Redação

O ruído é uma parte comum da vida cotidiana e também na mecanização agrícola que, raramente, é notada em todos os seus efeitos. Muitos sons desagradáveis ou indesejados são chamados de ruído. O barulho que incomoda deve ser evitado em sua fonte ou ambiente em que se espalha. A intensidade desse tipo de poluição sonora causada por essas fontes pode ser determinada no ponto em que ficam o operador. A influência das velocidades do motor e das engrenagens de transmissão nos níveis de ruído pode ser calculada e o nível de incômodo depende não apenas do nível do ruído, mas também da posição do operador e da sua duração. Há um método normativo para a medição do nível de pressão sonora do ruído emitido por tratores agrícolas e florestais enquanto o veículo estiver em movimento.

trator2Da Redação –

Guinchos, zumbidos, chocalhos, bipes, buzinas, chiados, lamentações, pancadas, estrondos - todos os tipos de ruídos vêm dos dispositivos e máquinas e são mais do que meramente irritantes. A longo prazo, eles podem ter um impacto profundo nas pessoas de maneiras que nem sempre são óbvias.



Os especialistas em saúde pública alertam há muito tempo sobre os danos auditivos causados pela exposição ambiental prolongada a níveis de ruído iguais ou superiores a 85 decibéis (dBA), que podem vir de tudo, desde equipamentos de construção a cães latindo. Mas, os especialistas também estão vendo evidências de consequências fisiológicas e psicológicas da exposição ao ruído muito abaixo desse limite.

O som, geralmente gerado pelos homens, é o meio indispensável da comunicação para a vida. De acordo com essa abordagem, apresentar que o ruído é o preço da industrialização não estará errado. O ruído é aceito como poluição ambiental, duran...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica