Publicado em 09 Jun 2020

ISO 10018:2020 - o envolvimento das pessoas

Redação

Essa norma foi revisada e pode ajudar as organizações a estabelecer uma cultura de qualidade, e estabelecer as bases para o verdadeiro engajamento da força de trabalho.

John J. Guzik – 

A nova edição da ISO 10018:2020—Quality management—Guidance for people engagement (1) fornece um ponto de vista diferente sobre a abordagem tradicional ao engajamento de pessoas. No passado, as organizações e a alta gerência procuravam continuamente maneiras de tornar seu pessoal mais engajado no local de trabalho.

Na realidade, isso é um enorme equívoco. Uma organização ou alta gerência não pode fazer com que seu pessoal se torne o que não quer ser. Pode fazer as pessoas fazerem o que elas querem, mas, para que as pessoas se envolvam verdadeiramente, é uma escolha pessoal.

Essa norma fornece as diretrizes sobre como uma organização pode construir, desenvolver, cultivar e nutrir o tipo de cultura organizacional que fortalece as raízes do envolvimento das pessoas. Ao contrário de outras normas que orientam sobre como atingir um fim, a ISO 10018 orienta sobre como desenvolver a base para crescer em direção ao objetivo desejado. Na verdade, o engajamento de pessoas no local de trabalho depende das escolhas das próprias pessoas.

A norma é dividida em seis cláusulas ativas, precedidas pelo escopo esperado, referências normativas e termos e definições. As seis cláusulas ativas são: Contexto da organização e cultura de qualidade; Liderança; Planejamento e estratégia; Conhecimento e conscientização; Competência; e Melhoria.

Cada uma dessas cláusulas é subdividida em quatro subcláusulas que incluem consideraçõe...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica