Publicado em 15 Sep 2020

A urgente necessidade de transformação da indústria brasileira

Redação

O cenário, antes positivo, acendeu um sinal amarelo e que foi se agravando por causa das dificuldades da cadeia de suprimentos e da imprevisibilidade da retomada da economia. A crise tem gerado muitas incertezas, mas também tem mostrado que as empresas mais digitalizadas e mais modernas tecnologicamente puderam reagir com maior agilidade.

Angela Gheller – 

No início desse ano, havia um certo otimismo na manufatura brasileira. O segmento tinha uma expectativa de retomada da indústria nacional, com projeções de novos investimentos em tecnologias de transformação digital e uma previsão de importantes projetos para a modernização do setor. Era um cenário de aquecimento com retomada gradual.

Em meio a esse clima positivo surgiu, no entanto, uma grande reviravolta global. A pandemia afetou imediatamente todos os segmentos e as formas de consumo, criando um momento único na história da economia no mundo. Nas primeiras semanas foi perceptível uma importante desaceleração que também atingiu o setor manufatureiro no Brasil.

O cenário, antes positivo, acendeu um sinal amarelo e que foi se agravando por causa das dificuldades da cadeia de suprimentos e da imprevisibilidade da retomada da economia. A crise tem gerado muitas incertezas, mas também tem mostrado que as empresas mais digitalizadas e mais modernas tecnologicamente puderam reagir com maior agilidade.

Por este motivo, mesmo com uma queda no curto prazo, é esperado um forte aumento no investimento em tecnologia na retomada pós-pandemia, com foco na digitalização de processos, automação da produção e gestão dos dados. A digitalização da indústria promove um aumento exponencial no volume de dados gerado ao longo de uma cadeia produtiva, impulsionando soluções de cloud computing, analytics e inteligência artificial....

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica