Publicado em 29 Dec 2020

Obesidade infantil atinge mais de 30% das crianças brasileiras

Redação

O mal afeta milhares de crianças e adolescentes e ganhou mais visibilidade com a mudança de rotina. Pode-se destacar que nesta etapa de retorno às atividades é preciso observar o comportamento dos pequeninos e incluir uma rotina alimentar saudável associada às práticas seguras de exercícios físicos.

Georgette Beatriz de Paula – 

Três em cada dez crianças, entre cinco a nove anos de idade, estão acima do peso, e das crianças menores de cinco anos, 15,9% têm excesso de peso. É o que apontam os dados do Ministério da Saúde. A realidade não atinge somente o Brasil, pois em todo o mundo são mais de 158 milhões de crianças e adolescentes, entre cinco e 19 anos, convivendo com o excesso de peso, segundo estimativa da Organização Internacional World Obesity.

O problema é que, ao longo dos anos, isso se tornou alvo de grandes preocupações de autoridades de saúde e, principalmente dos pais, ganhou ainda mais dimensão à medida que os índices de casos aumentaram por causa da mudança na rotina dos pequeninos.  O distanciamento físico imposto pela pandemia provocou inúmeras transformações sociais e, como se sabe, por segurança, ficar em casa foi uma delas. São muitos meses de pandemia mudando rotinas e, sem sombra de dúvidas, os pequeninos foram os mais afetados neste processo de adaptação. Se não é fácil para adultos, imagina para...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica