Publicado em 31 Aug 2021

A IoT industrial representa o futuro da manufatura digital

Redação

A internet das coisas (IoT) se tornou um dos pilares da indústria 4.0 o que está permitindo que essa conexão aconteça, inserindo nesse contexto robôs autônomos, dispositivos em rede, realidade aumentada e outras formas de fornecer dados captados e controlados digitalmente. Um dos pontos positivos na indústria é que não é necessário adquirir novas máquinas para processos que já estão funcionando na sua empresa. Os dispositivos IoT entram como complemento da máquina e pode entregar informações para tomada de decisões em tempo real. O uso da IoT nas indústrias acelerará a quarta revolução industrial, permitindo que com a sua utilização as indústrias, e não só elas, se tornem mais inteligentes e eficientes.

Hélio Sugimura – 

A IoT já é uma realidade no mundo todo. No dia a dia já lidamos com ela, mesmo sem perceber, como por exemplo, no momento em que utilizamos o smartphone para fazer uma videochamada com o médico, que já recebeu as informações coletadas pelo wearable. Mas, em especial no setor da indústria, o futuro reserva recursos muito mais avançados do que a análise de dados disponíveis em uma tela - é a chamada Internet Industrial das Coisas (IIoT).

De acordo com uma pesquisa realizada pela Microsoft, 57% das empresas aumentaram seus investimentos em IoT em 2020, enquanto a IIoT deve alcançar um valor de USD 751,3 bilhões até 2023, mostrando que os benefícios desse tipo de investimento já estão no centro da Indústria 4.0. Na indústria, o potencial dos sistemas ciberfísicos para melhorar a produtividade no processo de produção e na cadeia de suprimentos é vasto.

Considere processos que governam a si mesmos, onde produtos inteligentes podem tomar ações corretivas para evitar falhas e onde peças individuais são reabastecidas automaticamente. A IIoT cria o benefício potencial da conexão e integração de dados de sis...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica