Publicado em 14 Sep 2021

O alumínio e o cobre dividem o protagonismo no setor de energia

Redação

Pode-se salientar que os cabos e fios, sejam de alumínio ou de cobre, atendem todos os setores que dependem de transmissão de energia. Desde a construção civil, até o segmento elétrico, passando pela indústria do petróleo, de máquinas e equipamentos. Ou seja, qualquer setor que necessite transmitir energia elétrica em alguma etapa de seu processo, o que culmina em quase todo sistema de produção.

Luiz Henrique Caveagna – 

A utilização do alumínio no setor de energia tem ganhado cada vez mais espaço e o mercado de cabos e fios deste material vem crescendo anualmente. Mesmo com queda de 4,2% no consumo de alumínio em 2020, o mercado de cabos elétricos foi exceção e registrou aumento no consumo, passando de 193.000 t em 2019, para 213.000 t no ano passado, segundo dados da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL).

Responsáveis por conduzir e transportar energia elétrica, os cabos e fios de alumínio apresentam vantagens que contribuem para o crescimento do setor. Além do preço mais baixo, o material apresenta menor peso e consequente leveza, resistência mecânica, alto nível de condutividade elétrica conjugada ao peso, boa condutividade térmica, boa refletividade, não é magnético e possui fácil trabalhabilidade. Além disso é infinitas vezes reciclável, um fator fundamental no quesito sustentabilidade.

No entanto, o alumínio divide o posto de metal mais utilizado no setor juntamente com o cobre, outro material responsável por atender as demandas da indústria energética e que conta com um papel fundamental neste m...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica