Publicado em 03 May 2022

O comissionamento das estações de armazenagem e descompressão de GNC

Redação

O gás natural comprimido (GNC) é todo gás natural processado, biometano ou a mistura de ambos, condicionado para o transporte em reservatórios, à temperatura ambiente e a uma pressão próxima à condição de mínimo fator de compressibilidade, para fins de distribuição deste produto e o comissionamento de uma estação de armazenagem e descompressão é o conjunto de procedimentos, regulagens, ensaios e ajustes necessários à colocação da estação em operação. Já a estação de armazenagem e descompressão de GNC ou uma unidade de descarga de GNC é uma área devidamente delimitada que contém os recipientes e acessórios, destinados a armazenagem, descarregamento, redução de pressão e abastecimento de GNC. As tubulações podem ser posicionadas de forma aérea, enterrada ou em canaletas. As tubulações devem ser devidamente protegidas contra a corrosão por meio da aplicação de tratamentos superficiais, pinturas anticorrosivas e/ou outros sistemas de proteção adequados. As conexões das tubulações e equipamentos com mais de 50 mm de diâmetro (2”) nominal devem ser soldadas ou providas de flanges soldados ou serem adaptadas aos flanges de ligação de tubulações. Para evitar a descarga incontrolada de gás na estação de armazenagem e descompressão de GNC devido à ruptura da mangueira de interconexão, devem ser instaladas no ponto de conexão entre as partes fixas e flexíveis uma válvula de retenção e uma válvula de excesso de fluxo ou um dispositivo de segurança de acionamento automático, remoto ou não, equivalente. As tubulações devem ser projetadas de maneira a facilitar a retirada da água oriunda do ensaio hidrostático ou outros condensados oriundos da operação da estação de armazenagem e descompressão de GNC, através da existência de válvulas de purga devidamente posicionadas. Para a escolha dos materiais das tubulações, bem como dos sistemas de união das tubulações, deve ser considerada a possibilidade de ocorrência de baixas temperaturas em função da redução de pressão e outras condições de operação. Em qualquer dos casos, o arranjo deve ser feito de forma a permitir fácil acesso a todos os componentes da tubulação: válvulas, filtros, instrumentos, acessórios e conexões. As tubulações acima do nível do solo ou em canaletas devem ser ancoradas de forma a suportar os esforços normais de operação. O projeto de suportação das tubulações deve contemplar também esforços de empuxo, adicionais, originados pelos fluxos de gás após rompimento destas sobre a pressão máxima admissível. O dimensionamento das tubulações pode ser executado de acordo com a NBR 12712 ou outra de comprovada aceitação. O dimensionamento da tubulação da estação de armazenagem da pressão de operação das tubulações e descompressão (a montante do regulador do primeiro estágio ou do regulador de estágio único) deve ser dimensionada em função do equipamento de transporte de GNC utilizado, e também deve considerar os incrementos de pressão originados pelo aumento da temperatura. As tubulações da estação de armazenagem e descompressão (a montante do regulador do primeiro estágio ou do regulador de estágio único) devem ser dimensionadas em função da pressão de operação do equipamento de transporte de GNC utilizado, e também deve considerar os incrementos de pressão originados pelo aumento da temperatura ambiente. As tubulações e os equipamentos conectados às tubulações devem estar devidamente apoiados e ancorados de forma a resistirem aos esforços acidentais e permanentes, vibrações, dilatações térmicas, peso próprio da tubulação cheia de água (utilizada nos ensaios hidrostáticos) esforços oriundos do vento, etc. Os vãos máximos entre os suportes de tubulações aéreas ou tubulações posicionadas em canaletas devem ser dimensionados de maneira a não ultrapassarem as tensões admissíveis do material das tubulações e que a sua flecha máxima não ultrapasse 1% do vão, levando em consideração os esforços acidentais e permanentes, vibrações, dilatações térmicas, peso próprio da tubulação cheia de água (utilizada nos ensaios hidrostáticos) esforços oriundos do vento, etc. Nas tubulações das linhas de alta pressão, devem ser utilizados somente os tubos de aço sem costura. É fundamental os envolvidos entenderem os requisitos mínimos para projeto, construção, ensaios, comissionamento, operação e manutenção de estações de armazenagem e descompressão de GNC constituída por módulos de cilindros de armazenagem e transporte.

O comissionamento da estação de armazenagem e descompressão de GNC abrange as seguintes etapas: análise da documentação do databook (documento atualizado, que contém todos os dados e documentos que fazem ou fizeram parte do projeto (e suas revisões), comissionamento, procedimentos de operação da estação de armazenagem e descompressão de gás natural comprimido); ensaio de resistência; ensaio de estanqueidade; ensaio de verificação da segurança contra incêndio; ensaio de verificação dos detectores de misturas explosivas; simulação de todos os sistemas de segurança; simulação das funcionalidades relativas a alarmes e automações.

Os ensaios e simulações indicados devem ser executados de acordo com o memorial descritivo da estação de armazenagem e descompressão de GNC. Para a realização dos ensaios de resistência, estanqueidade e pneumático, todas as junções, inclusive as soldas, devem estar expostas.

Para efeito de avaliação dos valores de pressão coletados para a realização dos ensaios citados, deve ser considerada a variação da temperatura ambiente durante a sua realização. Durante a realização dos ensaios citados, devem ser realizadas leituras...

Artigo atualizado em 02/05/2022 04:43.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica