Publicado em 31 May 2022

A segurança nas máquinas autônomas e semiautônomas de movimentação de solo

Redação

A segurança desse tipo de máquinas está relacionada com os procedimentos de operação no canteiro de obras do ASAMS, em que o pessoal de supervisão e operação deve ser instruído sobre a funcionalidade do sistema e de tarefas específicas a serem realizadas, incluindo os perigos e riscos, os controles a serem aplicados e as etapas de trabalho necessárias para completar as tarefas com segurança e de forma correta. Os dados de incidentes relacionados à segurança devem ser armazenados e recuperáveis. Podem existir regulamentos locais ou nacionais que requeiram que os incidentes sejam reportados. Os operadores e o pessoal de supervisão devem ter as informações e treinamento necessários para completar as tarefas com segurança. Tais informações incluem: os manuais, as especificações e as instruções de operação fornecidos pelo integrador do sistema, as políticas, procedimentos e planos da operação e a legislação, normas nacionais e internacionais aplicáveis, e outro material de orientação. O integrador do sistema deve fornecer documentação de treinamento. Os procedimentos e processos de operação, como, por exemplo, a organização do canteiro de obras, para os ASAMS devem ser desenvolvidos e implementados pelo gerente do canteiro de obras, usando ferramentas instrucionais, como instruções ou procedimentos de trabalho seguro e procedimentos de operação padrão (standard operating procedures - SOP), sejam utilizadas para documentar os procedimentos de operação do canteiro de obras do ASAMS e devem ser revisadas e alteradas se houver quaisquer mudanças, como, por exemplo, os equipamentos, as condições, etc. O pessoal que interage com o ASAMS deve ser treinado para compreender a funcionalidade do sistema e as tarefas específicas a serem realizadas, incluindo os perigos e riscos, os controles a serem aplicados e as etapas de trabalho necessárias para completar as tarefas com segurança e de forma correta. O pessoal deve demonstrar total compreensão antes de trabalhar sem supervisão. Por isso, os usuários devem entender os requisitos de segurança para sistemas de máquinas autônomas e semiautônomas (autonomous machines and semi-autonomous machines - ASAM) utilizadas em operações de movimentação de solo e mineração, e para seus sistemas de máquinas autônomas ou semiautônomas (autonomous or semi-autonomous machine systems - ASAMS).

Da Redação – 

O ASAMS deve ter uma provisão para checar periodicamente a capacidade de direção. O período e o método de checagem (automática ou manual) devem ser baseados na apreciação de riscos. Se o sistema de direção não mais atender aos requisitos de desempenho de direção da NBR NM ISO 5010, a operação da ASAM como, por exemplo, velocidade, inclinação, carga e modo autônomo deve ser limitada para manter um estado seguro.

Esta checagem periódica dos sistemas de direção pode ser realizada pelo ASAMS ou pelo operador. Com base na apreciação de riscos, o ASAMS deve ser capaz de se adaptar às condições ambientais, desde que quaisquer alterações nas condições ambientais estejam dentro das restrições identificadas. Estas adaptações podem incluir o uso de operadores humanos ou sistemas automatizados para realizar os ajustes de velocidade, desativar operações, fechar áreas ou outros ajustes conforme necessários para manter a operação segura.

A eletrônica de autonomia embarcada da ASAM pode impor demandas adicionais ao sistema da máquina para além das necessidades de uma máquina não autônoma. É particularmente importante...

Artigo atualizado em 31/05/2022 05:33.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica