Publicado em 26 Jul 2022

Por que explorar a inteligência artificial no e-commerce B2B?

Redação

A expressividade das vendas online revela a importância de posicionar estrategicamente bem um e-commerce, além de apostar em tecnologias que facilitam, incorporam e estruturam esse recuso nas empresas. Segundo uma pesquisa da Ilumeo, 50% dos consumidores brasileiros confiam nas recomendações realizadas pela Inteligência Artificial e acreditam que elas são personalizadas para eles. Assim, existem muitas vantagens da IA no e-commerce B2B, sendo que ela também pode aprimorar a relação com o cliente, além do aumento de vendas.

Rafael Martins – 

A missão da inteligência artificial (IA) é tornar as ações mais automatizadas, ágeis e sem a necessidade de interferência humana durante o processo. Desconsiderar o seu potencial como carro-chefe da transformação digital pode arriscar o presente e o futuro das organizações, principalmente em áreas nas quais há necessidade de agregar vantagem competitiva, como o setor de vendas, o que inclui também -- e em larga escala -- o universo digital do e-commerce.

O comércio eletrônico brasileiro deverá crescer 95% até 2025, chegando a US$ 79 bilhões em valor de transações, de acordo com o relatório The Global Payments Report 2022, da Worldpay from FIS. Em relação a 2021, o relatório constatou o crescimento de 13,4% no valor da transação somente no ponto de venda (PDV).

Ainda que esse último indicador reflita a recuperação dos impactos da pandemia nos pontos físicos, não podemos descartar a expressividade das vendas online. Isso significa que não há volta na digitalização e os investimentos em inovação não devem ser freados.

Pelo contrário, é hora de implementar novos recursos para não perder esp...

Artigo atualizado em 26/07/2022 05:39.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica