Publicado em 03 Jul 2018

A rastreabilidade na cadeia alimentar e a nova ISO 22000

Redação

O processo de rastrear é a capacidade de investigar o histórico, a aplicação ou a localização de itens ou atividades semelhantes por meio de informações devidamente registradas.

food

Hayrton Rodrigues do Prado Filho -

Na cadeia de fornecimento da indústria de alimentos, o objetivo da rastreabilidade é permitir, rapidamente, o resgate do histórico do produto e de seu processo de produção, do campo ao prato, atuando como mecanismo fundamental na segurança alimentar da população. Como pré-requisitos, deve existir a identificação única do produto; as informações sobre os produtos e processos; e o estabelecimento de conexões. Na saída de um processo, cada produto, em uma quantidade pré-definida (unidade/lote/contêiner), deve receber uma identificação que o torne único e diferenciado de itens similares que tenham sido ou que serão produzidos em outros locais e períodos.

Ao se dispor de uma identificação única para cada lote ou unidade do produto, precisamos registrar todas as informações relevantes da sua composição e do seu processamento. Estas informações estão relacionadas às identificações únicas das matérias primas ou insumos utilizados aos processos empregados e às anomalias que foram observadas e tratadas pela operação durante a fabricação.

Todo esse registro das informações permite relatar as origens e os destinos dos produtos por meio de um código de rastreabilidade único para cada lote comercializado. Este código acompanha o alimento em t...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica