Como alcançar e manter uma cultura de qualidade

Para alcançar e sustentar uma cultura de qualidade, a organização deve alcançar os resultados extraordinários criando um ambiente propício à excelência.

cultura2Lorraine Fraser

A qualidade é de vital importância para as organizações, pois está intimamente ligada à satisfação do cliente, à lealdade do cliente e, em última instância, ao crescimento e à manutenção do negócio. A opinião do cliente é a mais importante. Para garantir que as necessidades do cliente sejam sempre atendidas, uma organização deve estabelecer uma cultura de qualidade.

A captura de participação de mercado é um fator-chave no crescimento da organização e deve ser percebida por meio de produtos ou serviços de qualidade. Mas se o mantra da organização é inspecionar a qualidade de um produto, corre o risco de fornecer produtos de qualidade inferior aos seus clientes. Por outro lado, a qualidade deve fazer parte do produto. A organização pode garantir que está criando qualidade em seus produtos se tiver uma cultura de qualidade.

Para alcançar e sustentar uma cultura de qualidade, a organização deve alcançar os resultados extraordinários criando um ambiente propício à excelência. Para fazer isso, os funcionários precisam adotar novas formas de pensar que podem ser mais fáceis de dizer do que de fazer. Às vezes, uma mensagem deve ser comunicada de várias maneiras antes que os funcionários adotem novos comportamentos. Os líderes também devem comunicar ideias de uma maneira que energize a organização.

A organização deve definir um conjunto de valores aos quais os funcionários podem se referir, internalizar e seguir. Pode-se destacar alguns elementos fundamentais para alcançar uma cultura de qualidade:

A visão, missão e valores são importantes para a cultura da organização – É necessário fornecer aos funcionários uma visão que detalha claramente o caminho até o resultado final da organização. Para construir um negócio, você deve construir pessoas. Criar uma visão unificada dos funcionários que cumprem uma missão comum permite uma cultura inovadora porque todos estão indo na mesma direção.

Os objetivos dos funcionários devem estar alinhados com os objetivos da organização – Se a organização não permanecer ágil e em primeiro plano, corre o risco de ser superada pela concorrência. Para ter sucesso, a organização deve se comportar como se fosse bem-sucedida. À medida que os funcionários atingem suas metas individuais, eles podem alcançar os objetivos da equipe e as metas mais amplas da organização.

Dados confiáveis e honestos são a chave – Não se pode estabelecer um benchmarking sem dados confiáveis- eles fornecem a matéria-prima para a análise. E sem dados, a organização não pode usar eficazmente ferramentas da qualidade como o controle estatístico de processos, planejamento de experimentos e capacidade estudos de processamento para identificar, reduzir e eliminar os defeitos.

Resolver problemas de maneira oportuna – Quanto mais funcionários puderem resolver efetivamente um incidente ou problema, menor a probabilidade de que o incidente aconteça novamente. Considere o conceito do muda que em japonês significa futilidade ou inutilidade: À medida que o nível de água em um rio é reduzido, novas rochas são expostas (problemas, oportunidades e ineficiências). Para garantir o progresso, eles devem ser abordados assim que surgirem, o que requer uma força de trabalho competente.

Reconheça e celebre o sucesso – Celebrar o sucesso pode assumir muitas formas. Por exemplo, cada melhoria pode ser documentada e convertida em práticas recomendadas, que podem ser compartilhadas entre sites irmãos. Além disso, a publicação de resultados positivos fornece aos funcionários o reconhecimento de que eles são capazes de atender às necessidades do cliente em constante expansão.

Bibliografia

Barry, Thomas J., Excellence is a Habit: How to Avoid Quality Burnout, ASQ Quality Press, 1994.

Sayle, Bart and Surinder Kuman, Riding the Blue Train, Penguin Books Ltd, 2006.

Lorraine Fraser é diretora de qualidade e melhoria de processos da Paradigm Electronics Inc. e da MartinLogal Ltd. em Mississauga, Ontário. Obteve um mestrado em engenharia pela Universidade de Toronto e um MBA da Universidade de Windsor em Ontário. Fraser é uma sócia sênior da ASQ.

Fonte: Quality Progress/2018 July

Tradução: Hayrton Rodrigues do Prado Filho



Categorias:Qualidade

Tags:, , , , , ,

2 respostas

  1. Excelente artigo, ficou mais claro o que estou vivenciando na organização hoje, diante de um cenário o qual precisamos mexer na cultura da organização com relação a Qualidade.

Trackbacks

  1. COMO ALCANÇAR E MANTER A CULTURA DA QUALIDADE – SINDIFAR

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: