Publicado em 01 Oct 2019

A normalização dos líquidos de arrefecimento do motor

Redação

Os aditivos para motor devem obedecer aos requisitos e aos métodos de ensaio para a determinação das suas características, envolvendo os concentrados dos tipos monoetilenoglicol, monopropilenoglicol e glicerina, tipos A, B e C, destinados à preparação da solução refrigerante, para promover o arrefecimento do motor endotérmico e conferir proteção adequada contra o congelamento, fervura, cavitação e corrosão.

aditivo2Da Redação –

A transferência de calor eficiente e a proteção contra a corrosão sempre foram os principais critérios para os líquidos de arrefecimento do motor. Esse é o caso há anos dos motores de combustão, mas permanece tão importante quanto aos veículos elétricos. As demandas do mercado estão mudando rapidamente e os fabricantes de veículos procuram continuamente projetos inovadores, levando a requisitos cada vez mais específicos e rigorosos em relação à proteção contra corrosão, compatibilidade de componentes e transferência de calor.



Esses requisitos em geral, mas particularmente a capacidade de transferência de calor dos refrigerantes, terão um papel crescente no cumprimento dos regulamentos e normas sobre emissão de gases do escapamento. As emissões desses gases de um veículo estão intimamente ligadas à eficiência energética do combustível fóssil, energia elétrica ou sua combinação (hibridização) na operação de um veículo.

O...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica