Publicado em 26 mai 2020

As estratégias para a digitalização

Redação

As chaves para apoiar a transformação digital.

Henry J. Lindborg - 

Segundo a McKinsey and Co., cerca de 70% das transformações digitais falham (1). Historicamente, a gestão da qualidade total (total quality management - TQM) registrou os mesmos resultados. Em 1994, Michael Beer relatou que a taxa de falhas da TQM excedia a 75% (2). Ambos os resultados eram os esperados.

Quaisquer programas que prometam mudanças transformacionais (totais) carregam a inspiração e a bagagem do mito. Visualizar como queremos fazer mudanças rápidas pode levar a promessas irreais e a um pensamento mágico (3). Portanto, se não formos totalmente aprimorados ou completamente digitalizados da noite para o dia, ficamos desapontados e especulamos que nossas organizações estão cheias de rebeldes contra o futuro (luddites) que condenam a todos a viver entre os 70% que falham (4). Esquecemos que a mudança abrangente geralmente é iterativa e é melhor implementada por meio de projetos de longo e curto prazo.

As mudanças profundas e positivas nas operações e na cultura são possíveis - e frequentemente necessárias - respostas à interrupção. Uma definição útil de mudança transformacional é: mudança pretendida e multidimensional que se afasta radicalmente dos precedentes passados de uma organização, visa os reajustes em larga escala, é complexa e sistêmica. Os líderes organizacionais buscam essas mudanças para superar a inércia e definir um novo curso para o desenvolvimento da sua organização (5).

Um f...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica