Publicado em 16 jun 2020

A segurança das máquinas injetoras de plásticos e borracha

Redação

A máquina injetora de plástico e borracha é usada no processo de fundir e moldar polímeros de acordo com a peça que será criada no processo de transformação. Nessa operação, o plástico ou a borracha é aquecido e injetado em um molde, que em seguida é resfriado e, então poderá ser aberto para extração da peça. As injetoras são encontradas em diversos tamanhos e modelos, por isso se estiver pensando em adquirir uma máquina dessas é importante levar em conta o tipo de tarefa que será realizada. Na indústria do plástico, a injetora é um dos itens mais procurados, considerando especialmente os resultados que oferece como alta produtividade, rapidez e qualidade dos produtos finais. Tanto para o plástico como para a borracha, a máquina injetora é composta de seis partes básicas, sendo os principais componentes da máquina um funil, onde matérias primas são inseridas em um barril para transportar os materiais até a unidade de aquecimento, em um aquecedor que derrete o material em um líquido, em um bocal para bombear o líquido dentro do molde e em uma unidade de ajuste para solidificar a forma e um ejetor para expulsar o produto acabado. Deve-se entender como funciona a segurança essencial para o projeto e construção de máquinas injetoras de plásticos e borracha e provê informação para seu uso seguro, sendo aplicável apenas às máquinas injetoras com acionamento hidráulico ou elétrico.

Da Redação – 

Para produzir um produto moldado por injeção, a resina líquida é despejada no funil da máquina de moldagem, onde, em seguida, são despejados também corantes ou tintas. A própria gravidade atrai a resina para o barril, e o processo de aquecimento derrete a resina até que ela atinja o estado líquido. Um mecanismo de injeção, geralmente um parafuso alternativo ou martelo injetor, empurra o liquido dentro do molde. O martelo injetor é utilizado quando pelo menos 20% do montante total do líquido contido no funil deve ser transportado para dentro do molde.

O molde determina o formato do produto acabado, e resfria o líquido para que ele se torne um material sólido. Enquanto este processo está em andamento, as placas do molde são mantidas unidas por uma força mecânica ou hidráulica. Este procedimento de fixação determina a forma final do produto acabado. Cabe lembrar que os moldes são projetados para resinas específicas.

Alguns problemas com o desempenho da máquina injetora são, normalmente, simples e fáceis de se resolver. As partes queimadas ou chamuscadas podem ser evitadas com a redução da temperatura do funil ou do tempo de processamento. O problema com empenamento pode ser resolvido ajustando a temperatura da superfície do molde ou a espessura do molde. Certas imperfeições na superfície do produto são corrigidas por meio da regulação da temperatura do molde, dos níveis de umidade ou de pressão.

Ou seja, uma injet...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica