Publicado em 01 Sep 2020

As perspectivas futuras da agropecuária

Redação

A agropecuária destaca-se por ser um dos setores mais dinâmicos da economia brasileira. Além de atender à demanda doméstica por alimentos e matérias-primas industriais, o setor é um dos grandes responsáveis por equilibrar as contas externas do país: em 2016, o agronegócio, incluindo os produtos agropecuários processados, como carnes, produtos florestais e têxteis.

Gisele Ferreira Amaral e Diego Duque Guimarães – 

A agropecuária envolve as atividades humanas destinadas ao cultivo da terra (agricultura) e à criação e produção de animais (pecuária). Abrange não só a produção de alimentos não processados, destinados ao consumo humano e de animais, mas também a de matérias primas industriais, como as voltadas à fabricação de alimentos industrializados, energia, celulose, têxteis e borracha.

Em razão de sua importância como principal atividade econômica desenvolvida em extensas áreas no interior dos países, bem como para a segurança alimentar e de suprimentos em caso de conflitos externos, é protegida e subsidiada na maior parte do mundo. No Brasil, além de atender à demanda doméstica, esse setor da economia destaca-se também nas exportações do agronegócio, respondendo por parte relevante do total exportado.

A agropecuária destaca-se por ser um dos setores mais dinâmicos da economia brasileira. Além de atender à demanda doméstica por alimentos e matérias-primas industriais, o setor é um dos grandes responsáveis por equilibrar as contas externas do país: em 2016, o agronegócio (incluindo os produtos agropecuários processados, como carnes, produtos florestais e têxteis) exportou quase US$ 85 bilhões, gerando um superávit comercial de mais de US$ 71 bilhões (BRASIL, 2017a). A Tabela 1 contém os principais produtos em que o Brasil se destaca na agricultura mundial.

continuar lendo

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica