Publicado em 01 Sep 2020

Quanto as pessoas podem ganhar com a economia circular?

Redação

A economia circular propõe que todos deixem de consumir linearmente os diversos recursos disponíveis, reduzindo extração e perdas nos processos. Além de otimizar o uso dos materiais e fazer os produtos circularem mais e melhor pela sociedade, retornando os itens a novos ciclos, tudo isso com utilização de energia renováveis e aproveitamento de água, são alguns dos pilares desse novo e inteligente modelo.

Marcelo Souza – 

Apesar da pandemia e da má distribuição de renda, a cada dia presenciamos o aumento da geração de riqueza, afinal somos criados em uma sociedade onde ganhar e ter representam o Santo Graal da felicidade, dinâmica muitas vezes expressa no ato de comprar. Contudo, esse comportamento não impediu que doenças emocionais como a depressão e ansiedade se multiplicassem até nas classes com maior poder aquisitivo.

Em geral, muitos compram aquele objeto dos sonhos e na semana seguinte já estão pensando em outra aquisição, assim alimentamos a economia linear e a receita de ouro da obsolescência programada. Ao contrário de experiências e momentos que podem nos marcar por toda uma vida toda. Por essa lógica, focada em ganhos e bens materiais, vimos também o conceito de ter um propósito ganhando cada vez mais relevância em nossos dias.

Agora o que tudo isso tem a haver com a economia circular? E qual a relação de ganho? São perguntas válidas e que representam muitos desafios para quem atua no dia a dia com economia circular, sendo explicar o conceito, falar sobre a importância e a urgência, alguns exemplos de obstáculos a serem superados diariamente. Nesse sentido, é importante contextualizar os dois modelos para chegarmos em como as pessoas podem ganhar com a economia circular.

A economia linear foi estabelecida principalmente na era das revoluções industriais e de forma mais acentuada a partir do século XIX, acompanhamos...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica