Publicado em 26 Jan 2021

A indústria de alimentos com fome de inovação

Redação

Em uma realidade em que o consumidor cada vez mais demanda posicionamento e transparência das empresas, a digitalização das embalagens pode servir como um importante vetor de comunicação. Equipadas com códigos escaneáveis em sua lateral, elas podem abrir caminho para novos formatos de comunicação, desde a reprodução de jogos até campanhas em realidade aumentada que demonstrem o compromisso da marca com questões socioambientais ou outras temáticas que sejam importantes para a companhia e seus consumidores.

Vivian Haag Leite – 

Em dezembro, completou-se nove meses desde o início da pandemia do no Brasil. O que para alguns não passava de uma crise pontual, se mostrou um acontecimento com impactos vorazes no sistema de saúde pública e na economia do país.

Dentro dos lares brasileiros a realidade não é diferente. Em virtude das medidas de distanciamento social, mudanças que levariam anos ou décadas para se consolidarem estão acontecendo em poucos meses, exigindo um novo olhar das marcas.

Palavra-chave na cartilha de qualquer companhia, inovar nunca foi mais estratégico. Principalmente em um cenário de mudanças rápidas e intensas, a manutenção de negócios de longo prazo está diretamente atrelada à capacidade das marcas em compreender as novas dinâmicas sociais e, a partir desse entendimento, elaborar alternativas que respondam aos novos desafios.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, pela primeira vez na história o país fechou o primeiro semestre do ano com mais pessoas em idade economicamente ativa fora do mercado de trabalho do que desempenhando alguma atividade. Fora isso, uma parcela ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica