Publicado em 16 Mar 2021

A ciência de dados pode transformar a gestão de pessoas

Redação

O trabalho remoto, um modelo que parecia estar se consolidando em todo o mundo, é uma estratégia adotada por 46% das organizações durante a pandemia, aos poucos vai dando espaço para um regime híbrido, que agrega dois conceitos que tem dividido parte das empresas. Enquanto o primeiro diz respeito a um modelo de trabalho que é realizado parte no escritório e a outra parte à distância, o segundo defende que híbrido também pode significar trazer toda a experiência do regime presencial para o home office ou qualquer outro espaço fora das dependências da empresa, sem, necessariamente, envolver visitas.

Paulo Oliveira – 

O setor de recursos humanos (RH) foi um dos que mais sentiram a transformação no ano de 2020. Mais do que nunca, a gestão de pessoas se tornou mais importante do que um pacote de benefícios atraente. E a partir dessas evidências, a tecnologia e um planejamento estratégico devem se tornar prioridade do RH das companhias em 2021.

Um estudo divulgado em 2020 pela Great Place to Work apontou que o maior desafio do setor de RH é estruturar processos tradicionais. Em uma era digital, existe a falsa impressão de que a maior parte das empresas já está inserida nessa transformação.

Mas, a realidade é que existem diferentes níveis de maturidade e necessidades. Copiar modelos prontos de gestão não será eficaz se antes não houver uma análise ou consultoria e um planejamento baseados nos valores e cultura de cada organização.

O trabalho remoto, um modelo que parecia estar se consolidando em todo o mundo é uma estratégia adotada por 46% das organizações durante a pandemia, aos poucos vai dando espaço para um regime híbrido, que agrega dois conceitos que tem dividido parte das empresas. Enquanto o primeiro...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica