Publicado em 21 Sep 2021

A gestão dos sistemas de informação de serviços de pagamento de terceiros

Redação

O processamento de pagamentos de terceiros permite ao empresário ou proprietário de uma empresa aceitar pagamentos online sem ter que configurar uma conta comercial em uma instituição bancária. Se selecionar um processador de terceiros é bom ou não para o seu negócio, depende do volume e do tipo de transações que se prevê processar em um único dia. Uma definição de processador de pagamento de terceiros refere-se a um serviço que permite aceitar pagamentos online mesmo se não possuindo uma conta de comercial. Em seu lugar, o processador de terceiros permitirá que se use sua conta pessoal. Uma desvantagem são as taxas de processamento que podem ser mais altas do que se espera. Da mesma forma, os processadores têm o potencial de subestimar sua identidade profissional. A escolha do processador de pagamento de terceiros geralmente está associada a menos profissionalismo, porque o processo de integração é muito mais fácil e tem verificação simplificada. Também pode existir um tipo de controle, pois os comerciantes devem entregar o controle ao seu provedor. Isso influencia negativamente a proporção de fraude e estorno. Dessa forma, os processadores de pagamento de terceiros, por mais atraentes que sejam, não seriam adequados para todos os negócios. É por isso que conhecer as vantagens e desvantagens do processador de pagamentos de terceiros é vital. Para qualquer empresário ou proprietário de empresa com um alto volume de pagamentos e mais controle de conta, um processador de pagamentos terceirizado seria adequado. Como alternativa, aqueles com baixo volume e processamento esporádico podem ir para um provedor de estilo agregador. Basicamente, a escolha depende das necessidades. Quem busca simplicidade e liberdade, um processador móvel de cartão de crédito/débito é o ideal. Além disso, esses serviços estão se expandindo e, provavelmente, irão melhorar junto com as opções adicionais nos próximos anos, principalmente com o desenvolvimento de normas técnicas visando a segurança desses processos.

Da Redação – 

Administrar uma empresa envolve todo um conjunto de tarefas e dificuldades potenciais, mesmo para as empresas mais bem-sucedidas. Uma das muitas necessidades que as pequenas e médias empresas encontram é o processamento de pagamentos. Graças a cheques, cartões de crédito e contas de débito, já se foram os dias em que o dinheiro era rei. Além disso, surgiu a era da digitalização e do processamento contínuo de pagamentos em transações offline e processamento de pagamentos pela internet online.

Mas a evolução digital do processamento de pagamentos não precisa ser difícil para o proprietário de uma empresa física ou de pequeno porte. Muito pelo contrário, pode ajudar a simplificar a vida dos clientes, comerciantes e terceiros participantes em uma transação.

Antes que se possa realmente decidir se uma empresa terceirizada de processamento de pagamentos é a certa, é útil saber exatamente o que são. A verdade é que as entidades de negócios de processamento de pagamentos de terceiros visam tornar o mais simples possível para os comerciantes administrar seus negócios, ter fluxos de pagamento simples e realizar...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica