Publicado em 05 Jul 2022

Como tornar a cadeia de abastecimento mais resiliente

Redação

As novas tecnologias digitais como a internet das coisas industriais (IIoT), computação em nuvem e inteligência artificial (IA) e machine learning (ML) podem desempenhar um papel fundamental para ajudar os fabricantes a impulsionar operações mais eficientes e resilientes. No entanto, essas tecnologias representam tanto uma oportunidade quanto um desafio: para aproveitar todo esse potencial, os fabricantes precisarão capturar, armazenar, processar e compartilhar grandes quantidades de dados em um ecossistema digital de parceiros e fornecedores. Ou seja, o futuro da manufatura será definido pelo big data e um dos fatores-chave para determinar o sucesso da transformação digital será a capacidade de alavancar dados que se encontram em diferentes silos.

Theo van Andel – 

A indústria manufatureira está em estado de fluxo: mais do que nunca, os clientes esperam bens mais inovadores, mais personalização em escala e entregas rápidas ou até mesmo no dia seguinte. Essas expectativas criaram uma pressão inédita nas cadeias globais de fornecimento de bens industriais.

Os fabricantes precisam ser resilientes e ágeis, não apenas para atender às crescentes expectativas dos clientes, mas também para lidar com as interrupções da cadeia de suprimentos criadas por incidentes globais, como desastres naturais, instabilidade geopolítica, crises sanitárias e escassez de matérias-primas. Os fabricantes devem enfrentar esses desafios e, ao mesmo tempo, atender aos preceitos de sustentabilidade -- não apenas tornando suas operações mais verdes, mas também comprovando que o fizeram.

O conflito na Ucrânia exacerbou muitos dos desafios da cadeia de abastecimento que já existiam. Embora a Ucrânia e a Rússia sejam juntas responsáveis por apenas 2,2% do volume global de exportação, os fabricantes do mundo todo são altamente dependentes dos dois países para certas commodities essenciais.

<...

Artigo atualizado em 05/07/2022 06:27.

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica