Publicado em 28 Jul 2020

A reciclagem de extrudados, laminados e fundidos de alumínio

Redação

O alumínio não é encontrado naturalmente na forma metálica e foi somente em 1824 que o dinamarquês Hans Christian Oersted conseguiu isolar o alumínio na forma como é hoje conhecido. Atualmente possui inúmeras aplicações como na fabricação de panelas, janelas, peças de carro, equipamentos eletrônicos, latas de bebidas, etc. É um metal reciclável que gera bom retorno financeiro para os trabalhadores e empresas que atuam nesta área. O processo de reciclagem consiste na reutilização do alumínio para a confecção de novos produtos. Grande parte do alumínio que é reciclado no Brasil tem como origem as latas de refrigerantes, cervejas e sucos. Porém, outros produtos fabricados de alumínio podem ser reciclados como, por exemplo, esquadrias, janelas, portas, componentes de eletrodomésticos, sobras das indústrias, estruturas de boxes, cadeiras, mesas, etc. A reciclagem do alumínio, devido às suas propriedades físico-químicas e por ser muito usado, gera um bom retorno financeiro para empresas especializadas. O processo de reciclagem do alumino consiste na reutilização do alumínio para a confecção de novos produtos. O que é muito mais barato e consome muito menos energia do que produzir o alumínio por meio da bauxita. O alumínio pode ser reciclado tanto a partir de sucatas como de sobras do processo produtivo. O alumínio reciclado pode ser obtido a partir de esquadrias de janelas, componentes automotivos, eletrodomésticos, latas de bebidas, entre outros. Saiba mais sobre as definições e os métodos de cálculos para determinação do conteúdo reciclado em produtos extrudados, laminados e fundidos em alumínio e suas ligas.

O alumínio é obtido a partir da bauxita. O processo de extração deste minério, assim como dos demais, é atividade que provoca intenso impacto do solo e dos corpos hídricos. Para extrair o alumínio é feito um processo de refino da bauxita que resulta em um pó branco, a alumina. Em seguida, passa por um processo eletroquímico e é transformada em alumínio.

A reciclagem de alumínio é extremamente importante e realizada em larga escala no mundo todo. Este interesse na reciclagem de alumínio está relacionado as suas propriedades, que fazem com que este metal seja um dos mais utilizados pelo homem. Dentre os principais atributos do alumínio, possui resistência à corrosão, condutibilidade, impermeabilidade e opacidade, alta relação resistência/peso, moldabilidade e soldabilidade, e baixa resistência mecânica.

O alumínio reciclado tem origem em diversas fontes de resíduos. As principais fontes de sucatas são os blocos de motores, fios e cabos, chaparia, perfis e as latas de bebidas. A reciclagem do alumínio, realizada em larga escala, está baseada na pirometalurgia, ou seja, em processos térmicos. Há algumas etapas que devem ser realizadas para reciclar alumínio. Primeiro, a coleta e separação dos resíduos e sucatas. Depois, é realizada a cominuição e normalmente uma separação magnética, a fim de remover possíveis contaminantes ferrosos. Na sequência, as sucatas são prensadas e estão prontas para o processo de fusão.

A fundição é realizada em fornos com adição ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica