Publicado em 15 Sep 2020

A conformidade dos tubos para agulha de aço inoxidável

Redação

A agulha hipodérmica é uma ferramenta usada com o objetivo de perfurar a pele e assim ter acesso ao interior dos seres vivos, alcançando células, músculos, veias e artérias. Pode ser usada para a administração de medicamentos, extração de amostras de sangue ou outros fluídos para posterior diagnóstico in vitro e assim obter informações sobre o estado de saúde do paciente. O aço inoxidável, usado como matéria prima na fabricação das agulhas, deve ter como principais características: a resistência à corrosão aos diversos meios químicos; a resistência à oxidação em temperaturas mais elevadas; e a resistência mecânica elevada, tanto à temperatura ambiente como às baixas temperaturas. Estas propriedades garantem alta confiabilidade no desempenho do produto, principalmente por ser um dispositivo aplicado internamente no corpo humano. Além da exigência dos requisitos de aparência do aço e das dimensões dos tubos, devem ser executados os ensaios de resistência à quebra e de rigidez. A conformidade à norma, aliada à correta utilização do produto, deve fornecer aos consumidores a garantia de funcionalidade dos dispositivos médicos fornecidos ao mercado. Deve-se conhecer os requisitos dos tubos para agulha de aço inoxidável rígido, adequados para uso na fabricação de agulhas hipodérmicas e outros dispositivos médicos principalmente para uso humano.

Da Redação – 

Normalmente, os aços inoxidáveis utilizados são um grupo de ligas que possuem resistência à corrosão devido a formação de um filme de óxido fino na superfície na presença de diversos meios agressivos. Os aços inoxidáveis constituem aços alta liga baseados nos sistemas Fe-Cr, Fe-Cr-C e Fe-Cr-Ni, contendo pelo menos 10,5% de cromo e outros elementos de liga como: o níquel, molibdênio, manganês, titânio, cobre, silício e alumínio. O cromo é o elemento químico responsável pela resistência à corrosão nesses aços. O contato do cromo com oxigênio forma espontaneamente uma película protetora, formada por óxido (Cr2O3), que possui grande aderência, impermeabilidade, estabilidade e promove excelente proteção contra os ataques corrosivos.

Os aços inoxidáveis são classificados em função das fases metalúrgicas presentes, diferentes dos outros materiais que são classificados em função da composição química. As três principais fases que classificam estes materiais são: austenita, ferrita e martensita. Dessa forma, os aços inoxidáveis possuem os seguintes tipos: austeníticos, ferríticos, martensíticos, duplex (aproximadamente 50% de austenita e 50% de ferrita) e os endurecíveis por precipitação.

As agulhas hipodérmicas são materiais feitos em aço inoxidável 304L, com baixos teores de carbono, que têm por finalidade a passagem de fluídos. Existem inúmeros tamanhos de agulhas, que são determinados pela espessura (calibre) do material ...

Target

Facilitando o acesso à informação tecnológica